29 de Jun de 2022
Central de Relacionamento

Veterinária faz alerta sobre os perigos de mimar o pet com sobras de Natal e Ano-Novo

Atitude pode até ser vista como um afago, mas traz diversos problemas à saúde dos animais

 Publicado em  29/12/2021 às 21h51  atualizado em 29/12/2021 às 21h58 - Indaiatuba  Pets


 Manter a alimentação balanceada e seguir uma rotina são ações fundamentais para o cuidado e o bem-estar do animal

Manter a alimentação balanceada e seguir uma rotina são ações fundamentais para o cuidado e o bem-estar do animal
Foto: Divulgação

Lucas Mantovani
redacao@maisexpressao.com.br

Durante as festas de final de ano é comum que tutores de cães e gatos demonstrem afeto pelo bicho de estimação dando petiscos e comidas de sobras do natal e ano novo. Ainda que a intenção seja boa, na prática o tutor apenas faz com que o seu animal passe por riscos desnecessários de saúde, podendo fazer ele desenvolver desde uma agitação temporária até mesmo problemas mais sérios.

De acordo com a médica veterinária Lara Volpe, a confusão acontece porque muitas vezes o tutor pensa que alimentos benéficos para os humanos não irão fazer mal para os animais, o que não é verdade.

“É preciso tomar cuidado, porque muitos alimentos que são bons para nós, como uvas, cebola e alho, não podem ser ingeridos pelos animais”, disse a médica.

Uvas e uvas passas, por exemplo, podem causar em última instância doença renal aguda. Chocolate e qualquer outro produto que contenha cacau, gordura de carne, cebola e alho também devem ser evitados. Os ossos de carnes, que costumeiramente são jogados aos cães, podem soltar lascas e perfurar o intestino dos animais, causando pancreatite.

“Antes era realmente muito comum dar restos de comida para os animais, mas com o aprimoramento da nutrição e o desenvolvimento de alimentos específicos foram notando que os animais começaram a viver mais tempo e também ter mais qualidade de vida", complementou a médica Lara Volpe.

Manter a alimentação balanceada e seguir uma rotina são ações fundamentais para o cuidado e o bem-estar do animal. Assim como os humanos, os animais têm necessidades específicas de nutrientes, estes são encontrados em rações secas ou úmidas (sachê). O foco, segundo a veterinária, é na qualidade do alimento, uma vez que as rações de categoria premium especial ou super premium têm nutrientes de mais fácil absorção e que ajudam na qualidade de vida do animal. É importante se atentar à quantidade e também disponibilizar água limpa e fresca à vontade.

Assim como a preocupação com a alimentação, manter uma rotina ativa pode muitas vezes evitar um processo de estresse para os bichanos, afinal, eles são sensíveis a mudanças bruscas. Com uma quebra repentina de rotina, os cachorros podem apresentar atitudes diferentes, como destruir objetos, se lamber excessivamente, latir constantemente e mudar o lugar de defecar ou urinar. Os gatos acabam demonstrando o estresse de outras formas, geralmente perdendo o apetite e bebendo menos água, o que pode causar cálculo renal.   

Galeria de mídia

  •  Manter a alimentação balanceada e seguir uma rotina são ações fundamentais para o cuidado e o bem-estar do animal

    Manter a alimentação balanceada e seguir uma rotina são ações fundamentais para o cuidado e o bem-estar do animal
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE