23 de Jan de 2022
Central de Relacionamento

Vereadores propõem lei para prevenir violência contra mulheres em bares e restaurantes

Projeto é de autoria dos vereadores Alexandre Peres e Ana Maria dos Santos

 Publicado em  11/11/2021 às 15h53  Indaiatuba  Polícia


Proposta sugere que bares e restaurantes ofereçam suporte para mulheres em situação de risco

Proposta sugere que bares e restaurantes ofereçam suporte para mulheres em situação de risco
Foto: Divulgação

Da redação 

Um Projeto de Lei de autoria dos vereadores Alexandre Peres e Ana Maria dos Santos (nº 186/2021) propõe que bares, restaurantes e estabelecimentos assemelhados adotem medidas de auxílio a mulheres em situação de risco de assédio ou agressão.

O objetivo é atuar na prevenção desse tipo de ocorrência, oferecendo treinamento aos funcionários para que tenham condições de auxiliar a mulher a sair daquela situação, e acionando as forças de segurança, quando necessário. A proposta foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e agora segue para sanção do prefeito.

Segundo o texto, o estabelecimento que aderir à proposta deverá afixar, em locais internos de ampla visibilidade, o "Selo Mulheres Seguras - Local Protegido". Nos banheiros femininos deverão haver cartazes contendo informações sobre como a mulher deve solicitar auxílio. 

O vereador Alexandre Peres explica que o objetivo da proposta é oferecer mais um mecanismo de proteção e estímulo à denúncia quanto a qualquer tipo de assédio, ameaça ou agressão contra a mulher.

"Alguns estabelecimentos em outras cidades adotaram o drink denominado "La Penha", fazendo referência à Lei Maria da Penha. Quando a mulher faz esse pedido, os funcionários já tomam ciência que ela está em risco e tomam providências para que ela possa sair dali em segurança. Sabemos que a violência contra a mulher ocorre muito no ambiente doméstico, mas muitas vezes o desrespeito e as ameaças começam fora de casa", salientou.

Peres afirma que o objetivo é que bares, restaurantes, espaços de eventos e ambientes assemelhados formem uma grande rede de auxílio à elas no município de Indaiatuba.

"Primeiramente é necessário aguardar a sanção do projeto pelo prefeito. Depois disso, caso seja sancionado, o próximo passo será marcar uma reunião com a secretária de cultura, Tânia Castanho, uma vez que a proposta vai de encontro ao foco do programa Caminho das Rosas. A intenção é unir os esforços e alinhar as ações que visam prevenir qualquer tipo de violência contra as mulheres", ressaltou.

Números

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, de janeiro a setembro de 2021 foram registrados 36.588 casos de lesão corporal contra mulheres e 43.479 ameaças.

Os feminicídios, que são os assassinatos de mulheres cometidos em razão do gênero, ou seja, a vítima é morta por ser mulher, somaram 108 no mesmo período.

Galeria de mídia

  • Proposta sugere que bares e restaurantes ofereçam suporte para mulheres em situação de risco

    Proposta sugere que bares e restaurantes ofereçam suporte para mulheres em situação de risco
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE