13 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Samu comemora 10 anos de implantação em Hortolândia

Serviço de Atendimento Móvel de Hortolândia está em festa

 Publicado em  25/01/2018 às 11h35  Hortolândia  Cidades


Atendimento acionado pelo 192 é essencial no socorro em casos de acidentes graves

Atendimento acionado pelo 192 é essencial no socorro em casos de acidentes graves
Foto: Prefeitura de Hortolândia

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel) de Hortolândia está em festa. Nesta semana, a unidade completou seu 10º aniversário de implantação em Hortolândia. Neste período, muitos desafios foram vencidos no trabalho diário de salvar vidas. Há uma estimativa de que cerca de 200 mil atendimentos tenham sido realizados nestes 10 anos. O serviço foi conquistado pelo município, em 2008, no primeiro governo do prefeito Angelo Perugini e, desde então, a equipe se aperfeiçoa e oferece um atendimento cada vez melhor à população. A equipe de socorristas pode ser acionada pelo telefone de emergência 192. No ano passado, a atual Administração iniciou a reestruturação do serviço ao colocar ambulâncias paradas para funcionar e investir em novos equipamentos.

“O serviço prestado pelo Samu é essencial no socorro de vítimas de acidentes. Contamos com profissionais habilitados e ágeis. São heróis anônimos que salvam vidas diariamente. Hortolândia é uma cidade privilegiada de contar com esta equipe há 10 anos”, destaca o secretário adjunto de Saúde, Luis Carlos Casarin.

O coordenador do serviço, Renato Lopes Machado, está no Samu de Hortolândia há nove anos como socorrista e acompanhou praticamente todo o trabalho da unidade. São muitas as lembranças, inclusive com final feliz, que o coordenador guarda na memória. Uma delas é do salvamento de dois jovens, em 2012, vítimas de atropelamento por trem. O fato curioso é que eles foram atropelados em locais diferentes, pelo mesmo trem. Depois do acidente, se recuperaram e hoje são amigos. “Um dos jovens foi atropelado na região da Vila Real. Fizemos o socorro com apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar. Alguns minutos depois recebemos um novo chamado e achamos que era trote. Mas pela indicação do local ser diferente resolvemos ir verificar. Era no Jd. Minda. Caminhamos cerca de 1 quilômetro no mato, porque a ambulância não chegava. Este segundo paciente tinha sido atropelado pelo mesmo trem. Se nosso socorro não tivesse agido rápido, tanto ele quanto a primeira vítima teriam morrido, pois este tipo de acidente é muito grave”, afirma Machado.

Um ano depois do atropelamento, a família dos jovens convidou o coordenador do Samu para comemorar a nova data de aniversário dos rapazes, que passaram a comemorar a vida no dia em que foram salvos pelo Samu. “Eles se tornaram amigos e hoje têm a vida ligada pelo Samu”, conta o socorrista.

Samu - Hortolândia

O Samu de Hortolândia conta atualmente com sete veículos em condições de circulação, todos com equipamentos adequados aos primeiros socorros de vítimas de acidentes, sendo inclusive uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva)-Móvel, necessária para estabilizar pessoas em estado grave. Mas nem sempre foi assim. No início de 2017, quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a Administração Municipal, quatro ambulâncias estavam paradas por problemas mecânicos. Já as que circulavam, tinham equipamentos antigos e precisavam de manutenção. Todos os veículos que estavam parados, foram consertados; os que estavam circulando, passaram por manutenção preventiva. Com isso, agora há quatro veículos em circulação, além de três reservas.

Além da manutenção mecânica dos veículos, o Samu recebeu novas macas e equipamentos para as ambulâncias, além de medicamentos usados nos primeiros socorros.

O serviço é um importante instrumento para a rede pública de saúde, uma vez que as equipes tem agilidade e eficiência no atendimento de situações graves. No entanto, este trabalho pode ser prejudicado, caso o principal canal de acionamento das equipes, o telefone 192, seja utilizado de maneira incorreta ou criminosa. Passar trotes para o Samu é crime, previsto no artigo 30 do Código Penal Brasileiro, com pena de detenção e multa. Além de atrapalhar o trabalho dos socorristas que, muitas vezes, se deslocam para atender um falso chamado, a ação atrasa o atendimento a um paciente que realmente aguarda por socorro, o que pode ser fatal.

Galeria de mídia

  • Atendimento acionado pelo 192 é essencial no socorro em casos de acidentes graves

    Atendimento acionado pelo 192 é essencial no socorro em casos de acidentes graves
    Foto: Prefeitura de Hortolândia



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE