15 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Projeto “Bem Me Quer” alerta estudantes sobre perigo das drogas

A Prefeitura de Hortolândia inicia, neste mês, a fase 2 do projeto “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

 Publicado em  03/04/2018 às 15h28  Hortolândia  Cidades


Alunos do 5º ano recebem orientações e informações de guardas municipais

Alunos do 5º ano recebem orientações e informações de guardas municipais
Foto: Prefeitura de Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia inicia, neste mês, a fase 2 do projeto “Bem Me Quer, Paz Se Quer”. Nesta etapa, o conteúdo abordado são drogas ilícitas. Pela primeira vez, a Prefeitura leva o projeto a todos os alunos de 5º ano matriculados em 27 Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental). A ação beneficia 2.500 estudantes. Neste primeiro semestre, participam 13 escolas. No segundo semestre serão atendidas as demais 14 escolas. O projeto é uma ação conjunta das Secretarias de Segurança e de Educação, Ciência e Tecnologia.

O secretário de Segurança, Luís Leite de Camargo, destaca o caráter de orientação e informação nesta fase do projeto. “É importante que o jovem tenha conhecimentos sobre os problemas e as consequências que o uso de drogas ilícitas podem causar à vida e à saúde dele e a sua família”, salienta. 

Dentre as drogas ilícitas abordadas na fase 2 estão maconha, cocaína, crack e inalantes (drogas consumidas por meio de inalação). A inspetora da GM e coordenadora do projeto, Adriana Herdeiro, acrescenta que o “Bem Me Quer” continua a abordar temas da fase 1 tais como autoestima, respeito, responsabilidade e autoconfiança. “O conteúdo pode ser adaptado de acordo com a realidade de cada escola”, ressalta.

A coordenadora destaca que outro tema abordado na fase 2 é o uso do cerol em linhas para empinar pipas. “Mostramos às crianças os perigos que o uso dessa substância pode causar a outras pessoas”, salienta. A fase 2 é encerrada com a exibição de um vídeo relacionado ao conteúdo mostrado no projeto. 

As famílias também participam do projeto “Bem Me Quer”. Ao longo deste mês e do próximo são realizadas palestras para pais dos alunos das escolas participantes. 

DEZ ANOS

Criado em 2007 na primeira gestão do prefeito Angelo Perugini, o projeto “Bem Me Quer, Paz Se Quer” completou dez anos em 2017. Desde então, de acordo com dados da Secretaria de Segurança, o projeto já beneficiou mais de 13 mil alunos.

Com foco na prevenção às drogas, o “Bem Me Quer” consiste de uma aula semanal, de 50 minutos, na qual os alunos recebem orientações e informações sobre o perigo do uso e abuso de substâncias lícitas (álcool e cigarro) e ilícitas e suas consequências. Durante o semestre são 13 aulas, ministradas por guardas municipais, junto com cada professor responsável pelas classes de quinto ano.

No projeto também são abordados temas como bullying e cyberbullying, relacionamento interpessoal, entre outros. Nas aulas, os alunos usam o livro específico do projeto.

Galeria de mídia

  • Alunos do 5º ano recebem orientações e informações de guardas municipais

    Alunos do 5º ano recebem orientações e informações de guardas municipais
    Foto: Prefeitura de Hortolândia



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE