26 de Maio de 2022
Central de Relacionamento

Pré-candidatos a deputado apostam no local de nascimento para atrair eleitores

Rogério Nogueira, Ricardo França, Pepo Lepinsk e Bruno Ganem buscam o voto de quem acredita mais em gente da cidade

 Publicado em  03/12/2021 às 10h51  Indaiatuba  Política


Pepo Lepinsk (MDB) e Bruno Ganem (Podemos) devem disputar as próximas eleições

Pepo Lepinsk (MDB) e Bruno Ganem (Podemos) devem disputar as próximas eleições
Foto: Divulgação

Eloy de Oliveira 
redacao@maisexpressao.com.br

Os pré-candidatos a deputado estadual por Indaiatuba Rogério Nogueira (DEM) e Ricardo França (Podemos), que buscam vaga na Assembleia, e Pepo Lepinsk (MDB) e Bruno Ganem (Podemos), que tentam a Câmara, apostam no eleitor que acredita mais em gente da própria cidade.

É que os três primeiros nasceram, cresceram e construíram o seu capital político em Indaiatuba e o quarto, Bruno Ganem, só não nasceu na cidade (seu local de nascimento é São Paulo), mas vive nela desde pequeno e cresceu e se tornou político defendendo as bandeiras do município.

Os quatro entendem que o eleitor precisa prestar atenção no local de nascimento do seu candidato preferido na hora de escolher os seus representantes. Eles acreditam que faz diferença ser alguém da cidade pela proximidade que essa pessoa vai ter com a realidade atual e com o que precisa mudar. 

Linha direta

“O eleitor que quer o bem da cidade, vota em gente de Indaiatuba, que já conhece os problemas locais e já sabe do que precisa ser feito para resolver. É linha direta. Depois, é mais fácil para quem é daqui entender quais são as aspirações do eleitor daqui”, disse o presidente da Câmara, Pepo Lepinsk.

O pré-candidato Rogério Nogueira também é da mesma opinião. Na atual legislatura, ele foi o deputado que mais trouxe verbas para Indaiatuba (mais de R$ 34 milhões) e isto foi possível por saber todas as demandas e as suas prioridades. “Além disso, já sabemos o que precisa ser feito na questão burocrática”.

Ganem e França concordam com o fato de que os candidatos que nasceram ou estão em Indaiatuba sabem mais do município que os candidatos de fora. Ganem ainda argumenta que a sua candidatura a prefeito o levou a conhecer mais ainda os problemas que a cidade tem e o que precisa ser feito.

De fora

Especialistas em comportamento do eleitor dizem que não se trata de bairrismo defender candidaturas locais. Para eles, a pulverização dos votos em vários candidatos de fora da cidade, como ocorreu em 2018, não é saudável para o retorno e para a resolução dos problemas do município.

O Mais Expressão fez um levantamento para saber como os dez deputados estaduais e dez federais mais bem votados na cidade trabalharam o retorno dos votos em recursos ao município. O resultado é que só um deputado estadual e quatro federais destinaram emendas a Indaiatuba.

No caso dos estaduais, entre os dez mais bem votados na cidade, oito eram de fora e só dois deles responderam a reportagem. Os demais sequer tomaram conhecimento da cidade. Entre os deputados federais, apesar de o número ser maior, eles enviaram só emendas impositivas, ou seja, vinculadas.

Galeria de mídia

  • Pepo Lepinsk (MDB) e Bruno Ganem (Podemos) devem disputar as próximas eleições

    Pepo Lepinsk (MDB) e Bruno Ganem (Podemos) devem disputar as próximas eleições
    Foto: Divulgação

  • Ricardo França (Podemos) e Rogério Nogueira (DEM) confiam no voto dos moradores locais

    Ricardo França (Podemos) e Rogério Nogueira (DEM) confiam no voto dos moradores locais
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE