07 de Dez de 2021
Central de Relacionamento

Pequenas e microempresas de Indaiatuba enfrentam o alto custo da matéria-prima

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, no terceiro trimestre de 2021, mostra que situação é a mesma no Brasil

 Publicado em  19/11/2021 às 09h45  Indaiatuba  Economia


 As empresas dos setores de transformação e de construção foram as mais impactadas pela carga tributária elevada

As empresas dos setores de transformação e de construção foram as mais impactadas pela carga tributária elevada
Foto: Agência Brasil

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

O diretor do Ciesp, Sérgio Wolf, regional de Indaiatuba, afirma que as pequenas e microempresas locais estão enfrentando uma grave falta de matéria-prima e também o alto custo devido à pandemia.

O problema afeta principalmente as empresas dos setores de transformação e de construção, que foram mais impactadas pela carga tributária elevada e pela crise hídrica, com falta e custo alto da energia.

As indústrias extrativas não foram afetadas pelo mesmo problema por tanto tempo, mas ainda enfrentam dificuldades com a carga tributária, com ênfase na apuração do segundo trimestre do ano.

Nacional

Os dados de Indaiatuba reproduzem uma situação nacional neste terceiro trimestre, observada pela pesquisa “Panorama da Pequena Indústria”, elaborada pela Confederação Nacional da Indústria.

De acordo com o relatório técnico do levantamento, a situação é crítica para esse segmento há cerca de um ano, exatamente o período mais difícil da pandemia, quando houve uma segunda onda de casos.

O resultado da pesquisa foi divulgado na segunda-feira (8) e aborda o terceiro trimestre do ano. O levantamento é feito trimestralmente. Há cinco trimestres (um ano e três meses) o quadro é esse.

Outro índice da pesquisa que aponta queda foi o de Confiança do Empresário Industrial, que registrou 56,9 pontos em outubro de 2021, 0,7 ponto a menos que na comparação com o mês de setembro.

Mas a confiança do empresariado segue acima da média histórica de 52,6 ponto. Esse resultado indica que a esperança de melhorias ainda é elevada entre os empresários das pequenas e micros.

Faturamento

Se a falta e o custo da matéria-prima impactam, a Confederação Nacional da Indústria encontrou em outros dois indicadores da pesquisa números mais animadores: desempenho e faturamento.

O índice de desempenho dessas empresas registrou 48,3 pontos no terceiro trimestre, um pequeno crescimento sobre o segundo trimestre, que teve 46,5 pontos e acima da média histórica de 43,3 pontos.

A melhora da situação financeira foi constatada pelo índice de 42,6 pontos (alta de 0,3 ponto). Já na comparação com o mesmo período de 2020, índice sobe mais: 0,7 ponto, segundo a pesquisa.

Galeria de mídia

  •  As empresas dos setores de transformação e de construção foram as mais impactadas pela carga tributária elevada

    As empresas dos setores de transformação e de construção foram as mais impactadas pela carga tributária elevada
    Foto: Agência Brasil



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE