21 de Maio de 2022
Central de Relacionamento

Neto de Ítalo Mário Limongi visita clube e relembra histórias do avô

Ex-presidente do Primavera, o avô dele foi peça fundamental para a construção do estádio, que atualmente leva o seu nome

 Publicado em  13/05/2022 às 11h43  Indaiatuba  Esportes


Sérgio de Camargo Filho caminha pelo campo do Primavera e relembra as histórias do seu avô, Ítalo Mário Limongi

Sérgio de Camargo Filho caminha pelo campo do Primavera e relembra as histórias do seu avô, Ítalo Mário Limongi
Foto: Leandro de Oliveira / Jornal Mais Expressão

Lucas Mantovani

lucasmantovani@maisexpressao.com.br

 

Há alguns anos afastado do estádio do Primavera, Sérgio de Camargo Filho não demorou muito para identificar as pedras no chão do Gigante da Vila, nem para se emocionar e soltar um grande sorriso. Sérgio é neto de Ítalo Mário Limongi e prontamente relembrou uma de suas grandes memórias que envolvem o avô e o clube do coração. Limongi, contou o neto, sempre que chegava ao estádio ia recolhendo algumas pedras no caminho para, junto a um estilingue, arremessar nos bandeirinhas que “roubavam o Primavera” e alguns torcedores visitantes. “Mas isso era antigamente, outros tempos, hoje não há espaço para isso no futebol”, completou. 

Durante a sua visita ao gramado e as instalações do clube, Sérgio relembrou da época em que as arquibancadas eram de madeira. “Eu era criança e lembro que isso aqui era muito diferente”. Ele também relembrou com muito carinho dos eventos que aconteciam na quadra de futsal do clube e, claro, das vezes que foi ao estádio com o avô. 

Ao ser perguntado como acha que seu avô se sentiria ao ver o clube atualmente, tendo acabado de realizar uma grande campanha na Série A-2 do Paulista, Sérgio foi enfático: “Ele, com certeza, estaria apoiando o time, querendo contribuir de todas as formas possíveis e, claro, contente em ver que o clube está crescendo e se desenvolvendo”, afirmou.

Presidente por três vezes do Fantasma, Ítalo Mário Limongi foi um dos grandes responsáveis pelo crescimento do clube e a sua manutenção ao longo dos anos. De acordo com Sérgio, muitas vezes Limongi e Hélio Milani (ex-presidente) mantinham os salários dos jogadores e o clube funcionando pagando a partir do próprio bolso. “O meu avô investia dinheiro no clube e muitas vezes nem contava para minha avó. Investia escondido para ela não brigar com ele. Ele era maluco pelo Primavera”, contou aos risos, Sérgio.

 Ocupando o cargo oficial de presidente por oito anos, foi durante a gestão de Limongi que o Primavera inaugurou seu estádio, o Gigante da Vila Industrial, no dia 29 de junho de 1961. O jogo de abertura, porém, não guarda a melhor das lembranças do clube, que acabou perdendo para o Jabaquara A.C., de Santos, por 7x1. Na década de 90, após a morte de Ítalo Mário Limongi, o Primavera decidiu renomear o seu estádio em homenagem a um dos seus principais presidentes e apoiadores.  

 

Primavera acerta novos patrocinadores

O Primavera acertou com dois novos patrocinadores para a sequência da temporada e a disputada da Copa Paulista, marcada para começar no começo de julho. O instagram oficial do clube anunciou na última semana o Grupo Balila, de carros, e a empresa NH Tools, do ramo de ferramentas intercambiáveis, de forma oficial ao público.

Mesmo com os dois acertos, o Fantasma continua em busca de outros patrocinadores e trabalha internamente com a sua equipe de marketing para que isso aconteça. A tendência é que os anúncios continuem até o início da próxima competição. (LM).

Galeria de mídia

  • Sérgio de Camargo Filho caminha pelo campo do Primavera e relembra as histórias do seu avô, Ítalo Mário Limongi

    Sérgio de Camargo Filho caminha pelo campo do Primavera e relembra as histórias do seu avô, Ítalo Mário Limongi
    Foto: Leandro de Oliveira / Jornal Mais Expressão



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE