23 de Out de 2021
Central de Relacionamento

Mulheres são mais afetadas emocionalmente na pandemia

Mulheres que conciliam trabalhos domésticos, vida profissional e maternidade  são impactadas tanto na saúde mental como na física

 Publicado em  07/05/2021 às 16h50  Brasil  Comportamento


Dupla jornada, desenvolvimento escolar dos filhos, receios e inseguranças, impactam a saúde mental de muitas mães

Dupla jornada, desenvolvimento escolar dos filhos, receios e inseguranças, impactam a saúde mental de muitas mães
Foto: Divulgação

Denise Katahira
redacao@maisexpressao.com.br

O Dias das Mães é comemorado no domingo (9) e com a data vem um importante debate sobre algo que muitos especialistas afirmam: as mães estão mais cansadas do que nunca. É o que aponta a psicóloga Valéria Ghisi. Além do perfil de mulher multitarefa, que concilia trabalhos domésticos, família, maternidade e vida profissional, pontos fundamentais, como desemprego, futuro incerto e medo dos impactos da pandemia, também afetam a saúde mental das mulheres. 

Em recente pesquisa desenvolvida pelo departamento de neuropsicologia do hospital pertencente à Universidade de São Paulo (USP), elas foram muito afetadas emocionalmente pela Covid-19. Cerca de 40,5% das entrevistadas apresentaram sintomas de depressão; 34,9% mostraram sinais de ansiedade e 37,3% de estresse.

“Sabemos bem que a pandemia impactou a saúde de muitas mães, já que boa parte delas acumulou ainda mais responsabilidades e funções, por conta da dupla jornada. Elas precisam acompanhar o desenvolvimento escolar dos filhos e equilibrar tudo isso com as outras demandas pessoais e profissionais”, disse a psicóloga e professora do curso de Psicologia da Universidade Positivo, Valéria. “Por mais que exista a figura paterna em algumas casas, vale sempre lembrar que o Brasil apresenta altos índices de abandono parental. Mesmo no caso de cônjuges mais participativos, as tarefas 'invisíveis' em sua maioria ficam por conta da mulher”, afirma.

Tripla jornada

Cuidar da casa, da vida profissional e os cuidados com os filhos tem gerado uma sobrecarga nas mulheres.

“Trabalhar home office e ao mesmo tempo ter que cuidar do filho e também das atividades escolares tem feito com que me sentisse cada vez mais cansada e estressada. Tenho que ser multitarefas em um único dia: mãe, esposa, profissional, professora entre outras funções”, disse a administradora Natália Faria.

E com todo o estresse acumulado no dia, a alimentação pode ajudar a melhorar o bem-estar emocional.
“Uma vida saudável inclui o ato de se exercitar regularmente, não abusar de bebidas alcoólicas ou cigarros, se alimentar com produtos que sejam de fato saudáveis, produtos orgânicos, integrais e frescos, ter boas noites de sono e saber manejar o estresse. Ou seja, lidar com as pressões cotidianas por meio de estratégias cognitivas, físicas ou de suporte psicológico”, afirma a analista de pesquisa e desenvolvimento da Jasmine Alimentos, empresa especializada em alimentação saudável. 

Galeria de mídia

  • Dupla jornada, desenvolvimento escolar dos filhos, receios e inseguranças, impactam a saúde mental de muitas mães

    Dupla jornada, desenvolvimento escolar dos filhos, receios e inseguranças, impactam a saúde mental de muitas mães
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE