Jornal Mais Expressão - Indaiatuba
Jornal Mais Expressão. Conteúdo gratuito e de qualidade!

Hospital Municipal de Itu realiza mutirão de laqueadura

O mutirão de laqueadura é mais uma etapa do Programa de Planejamento Familiar da Secretaria de Saúde de Itu

 Publicado em  20/02/2024 às 11h11  Itu  Saúde


Foto: Prefeitura de Itu

O Hospital Municipal de Itu (HMI), em parceria com o Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu neste domingo (18/02), a primeira etapa do mutirão de laqueadura de 2024. Com a iniciativa, passam a ser realizados oito procedimentos desse tipo por domingo, sendo que, para o mês de março, já estão programadas 24 cirurgias. O prefeito Guilherme Gazzola acompanhou o primeiro dia do mutirão, junto com a secretária de Saúde, Janaina de Camargo e o secretário de Planejamento, Gilmar Pereira.

Na ocasião, a secretaria Janaina destacou a importância do serviço dizendo que o mutirão leva à paciente a oportunidade de realizar o procedimento de laqueadura, de forma totalmente gratuita, auxiliando no planejamento familiar. "A nossa intenção com isso é a de auxiliar os munícipes na regulação da fecundidade, como parte de outras ações do Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde”, explica.

O programa municipal garante direitos iguais de constituição, limitação ou aumento da prole pela mulher, pelo homem ou pelo casal. Por meio dele, a família exerce o direito de ter quantos filhos quiser, no momento que lhe for mais conveniente, com toda a assistência necessária para que isso seja garantido integralmente.

A laqueadura é uma iniciativa voluntária de esterilização definitiva, indicada para mulheres que desejam interromper permanentemente a capacidade reprodutiva, ou seja, que não pretendem mais ter filhos no futuro. “Trata-se de uma cirurgia simples, com duração de 40 minutos a uma hora, realizada por médico ginecologista que promove a obstrução das tubas uterinas, impedindo o processo de fecundação” explica o médico e diretor Técnico e Administrativo do Hospital Municipal de Itu, Dr. Vinícius Andriolo.

O diretor do HMI fez um alerta de grande relevância às interessadas enfatizando que é fundamental que a mulher esteja ciente de que a reversão não é garantida e que considere outras opções contraceptivas de longa duração se não tiver certeza sobre a decisão de não ter mais filhos. "ale ressaltar que, de acordo com a legislação vigente no Brasil, a interessada deve necessariamente ser maior de 21 anos ou ter dois filhos vivos para ser elegível à realização da cirurgia”, completa.

Como participar

As interessadas na realização da laqueadura devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência e expressar a vontade de utilizar o método. E estando apta, após a devida avaliação médica e seguindo todos os critérios estabelecidos pela legislação, a candidata entra na fila para execução do procedimento no HMI, sem qualquer custo, através do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Hospital Municipal de Itu é uma Unidade de Saúde administrada pela Sociedade Brasileira Caminho de Damasco (SBCD), por meio de contrato de gestão junto à Secretaria Municipal de Saúde.

O Hospital Municipal de Itu (HMI), em parceria com o Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu neste domingo (18/02), a primeira etapa do mutirão de laqueadura de 2024. Com a iniciativa, passam a ser realizados oito procedimentos desse tipo por domingo, sendo que, para o mês de março, já estão programadas 24 cirurgias. O prefeito Guilherme Gazzola acompanhou o primeiro dia do mutirão, junto com a secretária de Saúde, Janaina de Camargo e o secretário de Planejamento, Gilmar Pereira.

Na ocasião, a secretaria Janaina destacou a importância do serviço: “o mutirão leva à paciente a oportunidade de realizar o procedimento de laqueadura, de forma totalmente gratuita, auxiliando no planejamento familiar. A nossa intenção com isso é a de auxiliar os munícipes na regulação da fecundidade, como parte de outras ações do Programa de Planejamento Familiar da Secretaria Municipal de Saúde”.

O referido programa municipal garante direitos iguais de constituição, limitação ou aumento da prole pela mulher, pelo homem ou pelo casal. Por meio dele, a família exerce o direito de ter quantos filhos quiser, no momento que lhe for mais conveniente, com toda a assistência necessária para que isso seja garantido integralmente.

A laqueadura é uma iniciativa voluntária de esterilização definitiva, indicada para mulheres que desejam interromper permanentemente a capacidade reprodutiva, ou seja, que não pretendem mais ter filhos no futuro. “Trata-se de uma cirurgia simples, com duração de 40 minutos a uma hora, realizada por médico ginecologista que promove a obstrução das tubas uterinas, impedindo o processo de fecundação” explica o médico e diretor Técnico e Administrativo do Hospital Municipal de Itu, Dr. Vinícius Andriolo.

O diretor do HMI fez um alerta de grande relevância às interessadas enfatizou que é fundamental que a mulher esteja ciente de que a reversão não é garantida e que considere outras opções contraceptivas de longa duração se não tiver certeza sobre a decisão de não ter mais filhos. "Vale ressaltar que, de acordo com a legislação vigente no Brasil, a interessada deve necessariamente ser maior de 21 anos ou ter dois filhos vivos para ser elegível à realização da cirurgia”, completa.

Como participar

As interessadas na realização da laqueadura devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência e expressar a vontade de utilizar o método. E estando apta, após a devida avaliação médica e seguindo todos os critérios estabelecidos pela legislação, a candidata entra na fila para execução do procedimento no HMI, sem qualquer custo, através do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Hospital Municipal de Itu é uma Unidade de Saúde administrada pela Sociedade Brasileira Caminho de Damasco (SBCD), por meio de contrato de gestão junto à Secretaria Municipal de Saúde.

Galeria de mídia desta notícia


  • Foto: Prefeitura de Itu

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2022.

COMPARTILHAR ESSE ITEM