21 de Maio de 2022
Central de Relacionamento

Entenda como as Metodologias Ativas podem contribuir com a qualidade da educação

Atividades voltadas para a Cultura Maker serão cada vez mais presentes nas escolas

 Publicado em  21/01/2022 às 18h44  Indaiatuba  Educação


Alunos desenvolvem criatividade com a Cultura Maker em sala de aula

Alunos desenvolvem criatividade com a Cultura Maker em sala de aula
Foto: Divulgação

Laís Fernandes

No universo da educação existem vários métodos para impulsionar a aprendizagem dos alunos, as Metodologias Ativas é um conjunto de processos de ensino que focam nas abordagens interativas e dinâmicas para que o aluno desenvolva o conhecimento a partir da prática e pensamento funcional. Dessa forma pode contribuir para um aprendizado mais global, levando o aluno a pensar em um projeto de vida ao invés de entender conteúdos para obter boas notas em provas.

Segundo o professor, pesquisador e orientador de projetos de transformação na educação, José Moran, as metodologias se expressam em três conceitos-chave tanto para os professores como para os alunos: maker (exploração do mundo de forma criativo-reflexiva, utilizando todos os recursos possíveis - espaços-maker, linguagem computacional, robótica); designer (desenhar soluções, caminhos, itinerários, atividades significativas de aprendizagem) e empreender (testar ideias rapidamente, corrigir erros, realizar algo com significado).

Ainda de acordo com professor José Moran, há hoje um grande estímulo da cultura maker, de experimentar da ideia ao produto, desenvolvendo o pensamento computacional, como uma nova linguagem que organiza, expressa e comunica ideias, desenvolve a criatividade e permite que os estudantes transformem suas ideias em produtos. Maker significa “fazer” e o movimento maker defende o “do it yourself”, o faça você mesmo, incentivando que professores e estudantes criem e desenvolvam seus projetos.

O movimento tem incentivado os projetos interdisciplinares como o STEAM, que integram várias disciplinas como Matemática, Ciência, Engenharia, Artes e Tecnologia. Michel Resnick do MIT sintetiza a aprendizagem criativa e mão na massa de crianças em quatro Ps (Projetos, Pares, Propósito e Play/lúdico). Crianças aprendem melhor realizando projetos, aprendendo com sentido e com um propósito mais amplo, trabalhando em grupo e de forma lúdica. Comunidades como Aprendizagem criativa compartilham suas experiências e são um espaço muito útil para os professores encontrarem inspirações para aplicar à sua realidade específica.

Com foco na Cultura Maker a empresa Amado Maker está inovando no país com a implantação de espaços de criatividade para escolas focados em fabricação digital e atividades ‘mão na massa’. Diversas escolas já estão voltadas para ampliar aulas com foco nas metodologias ativas, levando equipamentos como impressora 3D, cortadora a laser e plotter de recorte ao alcance dos alunos.

Segundo o fundador da empresa, Marcelo Amado, que é especialista no assunto, a cultura maker deve estar inserida em todo ambiente escolar e principalmente ser dominada pelos professores. “A escola do futuro precisa de educadores makers, por isso a formação é muito importante e trabalhamos fortemente desse tópico, pois não adianta ter todo o aparato e os professores não estarem engajados nessa nova filosofia e metodologia de ensino e aprendizagem”, explica Amado e continua. “Ser maker não é uma atividade, é um novo estilo de vida, uma nova forma de pensar em consumo e sustentabilidade. É viver dentro de um contexto produtivo. Será mesmo que preciso comprar algo que eu mesmo posso fazer? Nós estamos levando esse conceito para as escolas do Brasil, ajudando a engajar projetos que vão contribuir para uma sociedade melhor, despertando o lado produtivo das pessoas” finaliza.

 

Galeria de mídia

  • Alunos desenvolvem criatividade com a Cultura Maker em sala de aula

    Alunos desenvolvem criatividade com a Cultura Maker em sala de aula
    Foto: Divulgação

  • Estudante mostra projeto que ele mesmo desenvolveu

    Estudante mostra projeto que ele mesmo desenvolveu
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE