13 de Maio de 2021
Central de Relacionamento

Em Indaiatuba, deputado anuncia a criação de rede de proteção animal

Eleito como defensor da causa, delegado Bruno Lima (PSL) afirma que quer ter um representante em cada Estado

 Publicado em  16/04/2021 às 10h48  Indaiatuba  Pets


A rede de proteção deverá garantir a agilidade no atendimento em casos de maus-tratos a animais

A rede de proteção deverá garantir a agilidade no atendimento em casos de maus-tratos a animais
Foto: Divulgação

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

Em entrevista ao Jornal Mais Expressão, na sexta-feira (9), o deputado estadual delegado Bruno Lima (PSL), que se elegeu como defensor da causa animal após arregimentar mais de 3 milhões de seguidores nas redes sociais, anunciou que criará uma rede de proteção por meio de delegados da Polícia Civil.

“Já conversei com colegas delegados concursados como eu e teremos um representante em cada Estado para cobrir o Brasil todo. Pretendo divulgar os nomes de todos os participantes, com todos os detalhes da atuação de cada um, em uma live nas minhas redes no domingo (18)”, disse ele.

A rede de proteção deverá atuar no sentido de garantir e de agilizar o atendimento em casos de maus-tratos a animais.

“Se o delegado participante não puder ele mesmo instaurar o procedimento, encaminhará a quem de direito e acompanhará até a responsabilização do infrator”. Os delegados envolvidos contarão com a ajuda de protetores e de veterinários.

Ao mesmo tempo, o deputado delegado Bruno Lima disse que está montando uma base dessa mesma rede no Estado de São Paulo.

“Quero ter um representante em cada município, mas aqui não precisará ser um delegado de polícia. Teremos prefeitos, vereadores e outras autoridades”. Em Indaiatuba, ele já conta com a adesão do líder do Governo na Câmara, Arthur Spíndola (PP).

A ideia da rede de proteção surgiu depois da campanha que o deputado lançou intitulada “Cadeia Para Maus-Tratos”, que ganhou corpo com a aprovação da lei 1.095/2019, do deputado federal Fred Costa (Patriota-MG), a qual aumentou a punição para os maus-tratos.

Desde a aprovação da lei, o crime passou a ser punido com prisão de 2 a 5 anos, além de multa e da proibição de guarda do animal. Até então, o pena era de detenção de três meses a um ano, que acabava convertida em penas alternativas, como pagamento de cestas básicas.

4 mil denúncias

O gabinete do deputado delegado Bruno Lima recebe em média 4 mil denúncias de maus-tratos por mês. Essas informações vêm do Brasil inteiro e até de outros países. O deputado disse que encaminha cada uma para que o infrator seja punido, sobretudo agora com a nova lei.

Além disso, ele criou um formulário, disponibilizado em suas redes sociais, que informa o nome, endereço, telefone, responsável e reúne vídeos sobre as denúncias. “Dessa forma, conseguimos reforçar as provas e agilizar o processo de proteção”. O deputado criou ainda uma cartilha para ensinar como denunciar e a quem recorrer se testemunhar o crime ou se souber da ocorrência.

 

Serviço

Redes sociais do deputado delegado Bruno Lima

Instagram

@del.brunolima

Facebook

@delegadobrunolima

Twitter

@del_brunolima

Youtube

https://www.youtube.com/channel/UCBiwmLWwDnyPN4SUru30RXg/featured

Galeria de mídia

  • A rede de proteção deverá garantir a agilidade no atendimento em casos de maus-tratos a animais

    A rede de proteção deverá garantir a agilidade no atendimento em casos de maus-tratos a animais
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE