12 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

ECOSS discute inclusão social e empresarial em workshop para pessoas com deficiência

Encontro debateu temas que se tornam tabu para a realização pessoal e profissional, como: autoestima, capacitação e autoconhecimento.

 Publicado em  09/09/2014 às 15h06  Sorocaba  Variedades


 

O centro educacional ECOSS recebeu na última sexta-feira (22/8), em sua sede, no Centro de Sorocaba (SP), cerca de 20 pessoas, para um workshop gratuito sobre a contratação de colaboradores com deficiência pelas empresas.

O encontro teve como palestrantes a especialista em gestão de RH e coach Cássia Cordaro, que falou sobre o autoconhecimento para o desenvolvimento pessoal e profissional e, também, a especialista em gestão de negócios e treinamentos corporativos, Carla Pineda Lechugo, que evidenciou a importância da autoestima e da aceitação.

Com duração de duas horas, a programação teve início com a apresentação da diretora da ECOSS, Professora Dra. Noemia Galduróz Cossermelli, com 17 anos de experiência em educação e especialista em Direito Trabalhista. Ela destacou a relevância da qualificação profissional e a motivação em fazer escolhas “não apenas acatando as oportunidades tão somente para satisfazer as necessidades do mercado, mas, antes de tudo, pela satisfação pessoal”.

Em seguida, o workshop teve continuidade com a Professora Mestre Carla Pineda Lechugo, com 15 anos de atuação na área acadêmica e em treinamentos corporativos. Ela explanou a importância da aceitação das limitações por parte das pessoas com deficiência, assim como pelos empresários. “É preciso entender e aceitar que não somos iguais e todos temos limitações. Além disto, dialogar com as diferenças nos faz mais nobres. Olhar e lidar com elas, nos permite evoluir”, conclui.

Logo após, o workshop contou com um bate-papo com Cássia Cordaro, que soma mais de 20 anos de experiência em recursos humanos e coaching, além de estudiosa da psicologia. Ela abordou temas ligados ao autoconhecimento e comandou uma dinâmica em grupo, destacando que reconhecer as aptidões e limitações tem um resultado efetivo na carreira profissional.

O evento foi encerrado com happy hour, para troca de conhecimentos. Para Vera Lucia Theodoro, que acompanhou a filha, Andrezza, com paralisia cerebral, o workshop foi um grande passo para a inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, mas o processo ainda é longo. “Sempre lutei pelo direito da minha filha de ter uma vida normal. Hoje, ela já conquistou muito, mas ainda não é o suficiente. Ela precisa de mais!”.

Já, para o jornalista Teco Barbero, que é deficiente visual, o evento foi uma oportunidade para mostrar que as pessoas com deficiência precisam ser reconhecidas pelo meio corporativo. “Precisamos mudar a atitude de só cumprir a lei. Além disto, os comerciantes e empresários precisam avaliar que o público com deficiência também consome, e muito, porque sempre estamos acompanhados de alguém”, explica.

O “Workshop ECOSS – Inclusão” faz parte de um extenso calendário de atividades oferecidas pelo centro educacional, que tem como missão ampliar a competência das pessoas e o desenvolvimento das instituições. Mais informações sobre a programação completa de workshops, cursos e palestras da ECOSS podem ser obtidas pelo site: www.ecoss.com.br ou pelo telefone: (15) 3031-3073.

 

 

 

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE