15 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Discussão em rodoviária retoma caso de moradores de rua e vai parar na polícia

Comerciante registra boletim de ocorrência contra vereadora, prefeito e ex-delegada e os três também reagem com boletins

 Publicado em  27/08/2021 às 14h49  Monte Mor  Polícia


Vereadora Andrea Garcia nega as acusações

Vereadora Andrea Garcia nega as acusações
Foto: Reprodução

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

Uma discussão na rodoviária de Monte Mor, sexta-feira (13), entre o comerciante Billy Mike Gago, dono do Rancho do Billy, na zona rural da cidade, e a vereadora Andréa Garcia (PTB), o prefeito Edivaldo Brischi (PTB) e a ex-delegada de polícia Teresinha de Carvalho, foi parar na polícia com três boletins de ocorrência.

De um lado, o comerciante acusa a vereadora, o prefeito e a ex-delegada de intimidá-lo e humilhá-lo ao obrigá-lo a mostrar os documentos para provar que não era morador de rua e, de outro, a vereadora, o prefeito e a ex-delegada dizem que o comerciante quer publicidade. Brischi vai acioná-lo na justiça.

Medo de expulsão

De acordo com o boletim do comerciante, ele estava na rodoviária esperando uma encomenda de salgados para o seu comércio na lanchonete Boa Viagem, quando a vereadora, o prefeito e a ex-delegada, além da primeira-dama Elaine Brischi, chegaram e começaram a interrogá-lo como se ele fosse mendigo.

Para não ser levado como morador de rua a cidades da região, como aconteceu no início de julho com um grupo de dez mendigos deixados em Boituva, o comerciante disse ter apresentar documento provando que mora na cidade e que tem um comércio, além de mostrar o carro em que foi até o local.

Boituva

Para a vereadora, o prefeito e a ex-delegada, o comerciante não foi confundido com morador de rua e só a vereadora falou com ele. Além disso, a primeira-dama não estava presente como ele disse. Os três dizem que Billy Make Gago quer retomar a discussão já resolvida do envio de mendigos a outras cidades da região.

Depois do envio do grupo a Boituva, que registrou boletim de ocorrência contra a Prefeitura de Monte Mor, Brischi disse em uma live, no dia 14 de julho, que não ia deixar a cidade virar um lixo com os moradores de rua e que tinha contratado seis viagens, até aquele dia, para levar mendigos às cidades de origem.

Repercussão

Os boletins de ocorrência foram registrados devido à repercussão que a discussão ganhou nas redes sociais, já que Billy Make Gago publicou em sua página no Facebook e também em uma página chamada “Reclama Monte Mor” que a vereadora o teria tratado como mendigo e divulgou inclusive vídeo da visita à rodoviária.

O vídeo foi gravado pela ex-delegada e mostra o prefeito, ela e a vereadora tomando café. Segundo Gago, a publicação do vídeo foi para provar que as autoridades estiveram mesmo na rodoviária. Apesar disso, o vídeo não mostra a abordagem a ele. Além dos boletins todos os envolvidos se manifestaram nas redes sociais.

Galeria de mídia

  • Vereadora Andrea Garcia nega as acusações

    Vereadora Andrea Garcia nega as acusações
    Foto: Reprodução



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE