15 de Jun de 2021
Central de Relacionamento

Dicas de livros para entreter e fazer refletir no período de isolamento

São três títulos, dois de ficção e um com histórias reais

 Publicado em  07/05/2021 às 12h42  Brasil  Cultura e lazer


Livro “Vitalina Querubim: neta de escravos em conversas com café quente”

Livro “Vitalina Querubim: neta de escravos em conversas com café quente”
Foto: Divulgação

Bárbara Garcia

Para você que está fazendo home office, ou tentando manter, da maneira que for possível, algum isolamento para se proteger da Pandemia, sabe que longos períodos “presos” em casa podem causar estresse, tédio, ou até mesmo ansiedade causada por uso excessivo de eletrônicos. Mas, sabe o que pode acalmar e trazer bons estímulos para a mente? A leitura. Então, confira as dicas de livros dessa semana:

“Vitalina Querubim: neta de escravos em conversas com café quente”, de Maria Alice da Cruz: Um livro escrito pela jornalista Maria Alice da Cruz, com memórias relatadas por Vitalina Querubim, uma senhora de mais de 100 anos, neta de escravos, e se lembra muito bem desse período sombrio da história do nosso país. O livro é dividido em quatro estações, e termina na primavera, que marca o aniversário dela. Sábia, Vitalina ensina ideias preciosas sobre como levar a vida.

“A revolução dos bichos” de George Orwell: A clássica distopia do autor de “1984”, nos lembra que nem todas as revoluções trazem coisas benéficas. É uma fábula, em que todos os personagens são bichos, mas que são inspirados em líderes reais, como Lenin, Trotsky, Marx e outros. A frase de que “todos são iguais, mas alguns mais iguais que outros” mostra o quanto o egoísmo está marcado na alma humana. Reflexões sobre igualdade, que caem muito bem com o contexto atual.

“A menina que roubava livros” de Marcus Zusak: Na nossa cultura, é quase impossível pensar que a Morte seja uma boa contadora de histórias, e ainda mais, que ela conheça a intimidade da alma e do coração das pessoas. Nessa ficção que remonta a época da Segunda Guerra Mundial na Alemanha, em pleno Holocausto, é ela a narradora dessa história belíssima, que ensina muito sobre empatia e amizade verdadeira.

Galeria de mídia

  • Livro “Vitalina Querubim: neta de escravos em conversas com café quente”

    Livro “Vitalina Querubim: neta de escravos em conversas com café quente”
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE