07 de Dez de 2021
Central de Relacionamento

Conheça as principais formas de proteger sua empresa

Em tempos de crise, algumas medidas podem minimizar os riscos e os possíveis danos

 Publicado em  19/11/2021 às 11h22  Indaiatuba  Variedades


A pandemia foi a grande puxada de tapete na vida do empreendedor uma vez que muitos não se preparam para situações de dificuldade

A pandemia foi a grande puxada de tapete na vida do empreendedor uma vez que muitos não se preparam para situações de dificuldade
Foto: Reprodução

Se há algo que todos aprendemos com a pandemia foi não subestimar os tempos difíceis, acreditar que eles virão e que é nosso dever saber se preparar. A pandemia foi a grande puxada de tapete na vida do empreendedor.

É verdade que muitos cresceram, mas infelizmente, essa não foi a realidade da grande maioria. Muitas empresas quebraram e outras sofreram bastante com a pandemia. No fim, a pergunta que fica é: o que fazer? O que eu poderia ter feito de forma diferente?

Por mais que não seja muito consolador, a verdade é que há, sim, muito o que poderia ter sido feito para evitar todo o impacto na empresa.

Confira as principais formas de proteger a empresa em tempos de crise.

1 - Antecipar os cenários de crise: A primeira coisa a se fazer para proteger a empresa é simplesmente se antecipar aos cenários de crise. Muitos empreendedores não se preparam para situações de dificuldade unicamente porque cenários assim não são possíveis na cabeça deles. São os empreendedores que estão sempre contando com o fato de que tudo dará certo e sua empresa crescerá sem muito esforço. Por isso, aprender a conceber cenários de dificuldade é importate. Por isso, crie “planos B” para o caso de ficar sem fornecedor, simule o que fazer caso perca o seu principal funcionário, e assim por diante. Uma boa empresa está sempre preparada para cenários de dificuldade e nunca está o tempo inteiro “contando com a sorte”.

2 - Tenha uma reserva de emergência: O segundo passo importante para proteger a empresa em cenários de crise é investir em uma reserva de emergência, que nada mais é que um capital alocado para manter o funcionamento da empresa durante momentos de forte queda no faturamento. Pense nos meses iniciais da pandemia, em que muitos comércios foram impedidos de abrir. A reserva de emergência poderia manter a empresa rodando, pagando funcionários e outras demandas, mesmo durante o período de fechamento. Mas, como construir uma reserva de emergência? A ideia é simples: basta guardar um capital suficiente para manter os gastos principais da sua empresa (as despesas fixas) por pelo menos um ano. Esse capital pode ser alocado em uma poupança ou até mesmo em um investimento de renda fixa. O importante é que a reserva de emergência da sua empresa esteja em um lugar disponível para quando você precisar.

3 - Revise suas contas e despesas regularmente: Pode ter certeza, a última coisa que um empreendedor quer é atravessar uma crise sem que as contas da sua empresa estejam controladas e em dia. É aqui que entra a grande realidade da pandemia: grande parte das empresas que acabaram, tiveram esse fim porque já estavam em maus lençóis financeiros. São empresas que há bastante tempo já tentavam equilibrar caixa sem o menor sucesso. Ou seja, a pandemia foi somente o golpe final de um processo que já havia iniciado muito antes. Por outro lado, as empresas que mais cresceram foram aquelas que tinham um bom caixa e conseguiram investir em expansão e em novos caminhos. Por isso, revise as contas e despesas da sua empresa regularmente.

4 - Trabalhe o crédito da empresa: Essa é uma das principais dicas para ajudar em qualquer situação que a empresa precise de caixa para implementar mudanças, como explorar uma nova área, lançar novos produtos, implementar um novo serviço, e assim por diante. Mudanças assim, com certeza demandam dinheiro e investimento. Logo, se a empresa precisar mudar de rota para sobreviver, mas não tiver capital para investir, ela certamente morrerá. Por essa razão, trabalhe o crédito da empresa constantemente. Faça revisões, solicite novos valores, novas modalidades de crédito, e assim por diante.

5 - Esteja atento ao plano de negócio: Atenção ao plano de negócios da empresa. Saber que a empresa está crescendo e caminhando em direção a novos desafios é a melhor forma de se proteger de qualquer crise. Uma empresa em constante expansão é capaz de se adaptar mais rápido às novas realidades e assim atender demandas inéditas do mercado. Empresas assim conseguem sobreviver a desafios, diferentemente de empresas estagnadas e alheias ao que ocorre no mercado.

 

Autor
Percival Nogueira de Matos, Contador e Advogado, especialista em Direito Tributário, Holding e Planejamento Societário, Pós-Graduado em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, sócio do escritório Percival Nogueira Sociedade Individual de Advocacia e do escritório contábil Harmonia Contabilidade; Master Practitioner; Personal e Professional Coach.


 

Galeria de mídia

  • A pandemia foi a grande puxada de tapete na vida do empreendedor uma vez que muitos não se preparam para situações de dificuldade

    A pandemia foi a grande puxada de tapete na vida do empreendedor uma vez que muitos não se preparam para situações de dificuldade
    Foto: Reprodução



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE