15 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Com reestruturação, Prefeitura cria 2 mil vagas nas escolinhas esportivas

Com a reestruturação e implantação de novos espaços esportivos

 Publicado em  21/03/2018 às 16h09  Hortolândia  Cidades


Escola Esportiva

Escola Esportiva
Foto: Prefeitura de Hortolândia

Com a reestruturação e implantação de novos espaços esportivos, a Prefeitura de Hortolândia conseguiu criar mais 2 mil novas vagas no Projeto Escolinhas Esportivas, de janeiro do ano passado a março deste ano. No início de 2017, quando prefeito Angelo Perugini assumiu a Prefeitura, o projeto atendia 6 mil alunos. Agora, atende cerca de 8 mil pessoas. 

De acordo com a Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, atualmente, são oferecidas 23 modalidades nas Escolinhas Esportivas em 28 espaços, presentes nas cinco regiões da cidade. Além da parte pedagógica, das melhorias realizadas nos espaços físicos e implantação de novas áreas esportivas, a Administração inseriu duas novas modalidades na grade de aulas dos alunos: balé e vôlei de praia. 

Em setembro do ano passado, foi inaugurado o Centro de Especialidades em Artes Marciais “Eliel Gomes”, localizado na Vila Real. Além dos treinos das escolinhas, o espaço, com mais de dois mil metros quadrados e cinco tatames, tem capacidade para abrigar competições nacionais e internacionais e pode atender até dois mil alunos. 

Também em 2017, no mês de outubro, Hortolândia ganhou o primeiro campo de futebol society público da cidade, no Jardim Adelaide, com capacidade de até 200 atendimentos. Já em 2018, a “fábrica de saúde” nasceu na região central com a abertura da nova Academia Municipal “Jaime Pereira” que pode atender até 1.200 pessoas. 

A ginástica artística ampliou o número de vagas de 130 para 200 com três professores ministrando as aulas. Agora, a modalidade tem turmas para adultos. O espaço físico onde os treinos são realizados também passou por melhorias.

“Com a mudança da metodologia de ensino na ginástica artística, as crianças passam a ter mais facilidade no aprendizado da modalidade, além de conquistar novas amizades. Paciência para ensinar também é importante. O trabalho está excelente”, elogia Marinete de Lourdes Lima Dalben. Moradora do Jardim Carmen Cristina, mãe dos alunos Sofia, de 7 anos, e Pietro, de 6 anos.

“O investimento no esporte traz benefícios em outras áreas. A Administração se preocupa em oferecer qualidade de vida e inclusão social para a população. Levar esporte gratuito para todos é uma ferramenta essencial de bem-estar, saúde e boa convivência”, observa o secretário adjunto de Cultura, Esportes e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

Nas Escolinhas Esportivas, interessados podem praticar aulas de ginástica localizada, ginástica rítmica (feminina), ginástica artística e ginástica funcional, basquete, futsal, pilates, handebol, karatê, judô, muay thai, vôlei, dança de salão, capoeira, kung fu, jiu jitsu, futebol, orientação de caminhada, natação, zumba, hidroginástica, balé e vôlei de praia.

Mais informações sobre disponibilidade de vagas e locais de treinamentos podem ser obtidas pelo telefone (19)39651400, no ramal 7409.

FUTURO

A comunidade esportiva de Hortolândia se prepara para o futuro. Mais um campo público de futebol society será construído, no bairro Remanso Campineiro. As reformas no complexo Poliesportivo “Nelson Cancian” vão aumentar o espaço físico e o número de vagas disponíveis para inscrições nas modalidades. 

Já o CIE (Centro de Iniciação ao Esporte), no Jardim Amanda, prevê ginásio multiuso para diversas modalidades olímpicas e paralímpicas, além de pista de atletismo, arremesso de peso e salto em distância. A construção da unidade esportiva em Hortolândia é mais uma conquista da Administração para o esporte da cidade.

 

Galeria de mídia

  • Escola Esportiva

    Escola Esportiva
    Foto: Prefeitura de Hortolândia



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE