07 de Dez de 2021
Central de Relacionamento

Colégio Rodin planeja sarau gravado 'Era uma vez', que será exibido no Youtube

O evento foi dirigido pelo especialista em Video-Dança, Francisco Urze, da Ufscar

 Publicado em  22/10/2021 às 12h22  Indaiatuba  Educação


Funcionários e professores do Colégio Rodin participando da gravação do espetáculo

Funcionários e professores do Colégio Rodin participando da gravação do espetáculo
Foto: Sirlei Faria

Bárbara Garcia
rmc@maisexpressao.com.br

O Colégio Rodin, de Indaiatuba, planeja anualmente um sarau feito pelos alunos e aberto ao público. Porém, esse ano, tudo será diferente, por causa da pandemia.

A direção da escola decidiu produzir um evento gravado por uma equipe de cinegrafistas profissionais, para que quem assista tenha a melhor experiência possível. Trazendo ao projeto várias linguagens artísticas, como Música, Poesia, Dança, Teatro e Performance, tudo sob a direção de Francisco Urze, especialista em Video-Dança. A estreia será às 19h do dia 26 de outubro, no Canal do Youtube do Colégio Rodin. O Sarau foi nomeado de “Era uma vez”.

O organizador do Sarau é o professor de História e orientador pedagógico do Ensino Médio, Emerson Lima.

“Nós decidimos contratar o Francisco Urze como diretor, porque ele tem muita experiência com Video-Dança e Teatro contemporâneo, como fundador da própria companhia de dança e professor da Universidade Federal de São Carlos”, explica.

A intenção do Colégio Rodin é que o Sarau feito pelos alunos fosse executado com qualidade profissional. “É como se nós estivéssemos oferecendo um presente para todas as pessoas da cidade”, conta, com orgulho.

A gravação do evento aconteceu no último sábado, 9, mas será exibido no site da escola apenas no dia 26 de outubro, terça feira. Como artistas, participaram os alunos do Fundamental II e Ensino Médio. Cada professor da escola ajudou a preparar uma apresentação diferente.

“No dia da gravação, a equipe de cinegrafistas tomou cuidado para captar imagens de todos os ângulos, para que a edição também pudesse ter um resultado excelente, tanto em termos artísticos e estéticos, quanto técnicos”, explica Emerson.

Uma das professoras envolvidas no Sarau é Marília Tosta, responsável pelas aulas de língua portuguesa, redação e literatura do Ensino Fundamental II e Médio do Colégio Rodin. Com a participação dos alunos, que foram integrados na criação em todas as etapas do processo, desenvolveu dois espetáculos com Teatro e Dança Contemporânea.

O primeiro deles, conta a história da médica psiquiatra Nise da Silveira, muito conhecida por ser pioneira em considerar as Artes como forma de terapia para pacientes com distúrbios mentais e emocionais. Em 1944, ela trabalhou no Centro Psiquiátrico Nacional Pedro II, no Rio de Janeiro, onde se posicionou radicalmente contra procedimentos que considerava agressivos, como os eletrochoques e cirurgias de lobotomia, em que parte do cérebro do paciente era retirado.

O objetivo da professora Marília foi sensibilizar os alunos sobre o quanto é importante compreender os diferentes, nesse caso, os que eram antigamente taxados como “loucos”, perceber o potencial terapêutico e importância da Arte, e ainda homenagear Nise da Silveira, cuja história já foi contada no longa-metragem brasileiro “Nise: o coração da loucura”, de 2015, em que a médica foi interpretada pela atriz Gloria Pires.

A segunda apresentação proposta pela professora Marília Tosta diz respeito à tão conhecida história do personagem Frankstein.

“Esse projeto surgiu em uma aula de literatura gótica, em que expliquei que a monstruosidade, do ponto de vista deste estilo literário, não está na deformidade física, mas sim no interior do próprio ser humano”, conta a professora.

A apresentação também será construída com abordagens da Dança e Teatro Contemporânea. “O colégio Rodin tem esse diferencial de considerar as Artes como disciplina obrigatória, porque valoriza essa vivência corporal e afetiva como extremamente importante para o desenvolvimento social e cultural dos estudantes”, conta Marília, feliz e empolgada com o aprendizado de seus alunos.

Se você gostou da iniciativa do Colégio Rodin e está curioso para ver o trabalho artístico deles, executado de forma tão primorosa, pode acessar o Youtube, através do link.

 O espetáculo, nomeado de “Era uma vez”, será exibido no Canal do Youtube do Colégio Rodin. Para mais informações, o site da escola

Galeria de mídia

  • Funcionários e professores do Colégio Rodin participando da gravação do espetáculo

    Funcionários e professores do Colégio Rodin participando da gravação do espetáculo
    Foto: Sirlei Faria



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE