15 de Ago de 2022

Prêmio Frutos de Indaiá

O maior evento de premiação de Indaiatuba

Frutos de Indaiá / Edição 2011

Falamansa foi a grande atração na 6ª edição do Prêmio “Frutos de Indaiá”

A maior premiação de Indaiatuba, "Frutos de Indaiá", aconteceu no dia 19 de outubro de 2011, no Indaiatuba Clube, com mais de 700 convidados. Cerca de 120 empresas participaram do evento. A grande atração da noite foi o show da banda Falamansa. Com mais de 3.500.000 discos, Tato (violão e voz), Alemão (zabumba), Dezinho (triângulo e percussão) e Valdir do Acordeom (sanfona), eles têm presença anual garantida nos maiores festivais de música internacionais agregando ao seu currículo mais de 10 países e é unanimidade quando o assunto é forró; admirados pelos mais puritanos e radicais do estilo e até mesmo por aqueles que nem gostam do ritmo, mas apreciam o som da banda. É por tudo isso que Falamansa fez um som inesquecível no Frutos de Indaiá.

“Falamansa 10 anos”

O DVD "Falamansa 10 anos" define bem os passos do grupo. A começar pela capa, impressa em papel feito só com madeiras de reflorestamento, onde se lê a frase "Por um mundo melhor!!!", que vale frisar não é o nome do disco e nem de uma música contida nele, mas sim, uma demonstração da real intenção da banda: cantar para melhorar o mundo! 
As atitudes ecologicamente corretas não param por aí. Os figurinos usados no show são feito de tecidos pet (feitos de garrafas pet) e o cenário é todo de material reaproveitado, incluindo 7.000 fundos de garrafas pet. 
Mas é na musicalidade do DVD que está a maior contribuição da Falamansa para o bem estar do planeta. São 19 faixas, incluindo todos os grandes sucessos como "Rindo á toa” (TATO), "Xote dos milagres” (Tato), "Xote da alegria” (Tato), "Cem anos” (Tato), "Asas” (Tato), "Sol de Hiroshima” (Tato), "Avisa” (Tato), estas duas últimas em versões acústicas gravadas em um palco posicionado no meio da platéia. "- Foi uma maneira que encontramos de presentear nossos fãs que foram ao show, ficando mais perto deles!", conta Dezinho. 
O DVD tem também algumas regravações de Dominguinhos ("Pedras que cantam"), Nando Cordel ("Hoje é dia de folia"), Luiz Gonzaga ("Sanfona Sentida"), "Chuva" (Luiz Carlinhos) e "Ska" (Hebert Viana). "-A escolha do repertório foi bem natural", diz Alemão justificando que todas as músicas que estão no disco fazem parte da história da banda. 
Já as canções inéditas, quatro no total, refletem bem os quatro temas que podem ser encontrados em toda a carreira da Falamansa. Amor, alegria, fé e consciência ambiental. "Minha estrela” (Tato) compara a busca pelo amor ao antigo ritual de procurar a primeira estrela do céu para fazer um pedido. Com certeza um dos momentos mais românticos do DVD. "Coisa boa” (Tato) é aquele tipo de música que exalta a alegria das coisas simples da vida, marca registrada nas composições de Tato, que assina 14 faixas do disco. 
"Lixo no lixo” (Tato), é a música que qualquer ambientalista usaria como tema de palestra. Demonstra a preocupação com o comodismo do ser humano que espera acabar os recursos naturais do planeta para só depois dar valor. E, por fim, "Falamansear" (Tato) pode ser considerado o novo "hino da Falamansa". A música relata o real sentido do grupo de espalhar alegria, dança, motivação, amor, fé e principalmente, fazer o bem através de suas atitudes. 
O DVD conta ainda com um "Making off" com comentários sobre o show, um clipe da música "Segue a vida"gravado numa balsa em pleno Rio Tietê(SP) e imagens antigas da banda, presente especial para os fãs que acompanham a banda desde o início. Tudo dirigido por Léo Ferraz, um dos maiores novos talentos do Brasil. Falamansa vai além da música. O objetivo dessa banda está ligado ao coração e a alma de cada fã, proporcionando não só música para os ouvidos e para dançar agarradinho, mas também para refletir e propagar o bem ao próximo, características cada vez mais incomuns aos artistas do mundo inteiro, mas em abundância nas mensagens desta banda. Hoje a Falamansa, não é mais simplesmente uma banda de forró. É uma filosofia de vida!!!

“Frutos de Indaiá”

O Prêmio “Frutos de Indaiá” idealizado pelos diretores do Grupo Mais Expressão, Admilson Redecopa e Alan de Santi, nasceu em 2005, com a realização de uma pesquisa que circulou nos meses de novembro e dezembro no Jornal. O leitor precisou responder quem foram os que mais se destacaram durante aquele ano em diversos segmentos. Desta avaliação saíram as melhores empresas e personalidades, que no dia 30 de maio de 2006 foram homenageadas no Indaiatuba Clube, com uma festa memorável. A grande atração da primeira edição foi o cantor Guilherme Arantes.

COMPARTILHE