28 de Set de 2021
Central de Relacionamento

Vereador em Monte Mor cita Indaiatuba como exemplo e pede intervenção no transporte público

Bruno Leite (DEM) quer que a Prefeitura acione o Ministério Público contra Rápido Luxo

 Publicado em  19/07/2021 às 15h04  atualizado em 21/07/2021 às 10h29 - Monte Mor  Política


O vereador Bruno Leite (DEM) cobra a  Prefeitura de Monte Mor para que acione o Ministério Público e rompa contrato e acordos firmados com a concessionária de ônibus

O vereador Bruno Leite (DEM) cobra a  Prefeitura de Monte Mor para que acione o Ministério Público e rompa contrato e acordos firmados com a concessionária de ônibus
Foto: Divulgação – Câmara Vereadores de Monte Mor

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

O vereador Bruno Leite (DEM) usou a tribuna da Câmara, na sessão de segunda-feira (5), para cobrar da Prefeitura de Monte Mor que acione o Ministério Público e faça como Indaiatuba, que rompeu contrato e acordos firmados com a concessionária de ônibus.

“Essa empresa, a Rápido Luxo, de luxo não oferece nada. Já tentamos diversas vezes contato. Participamos de reuniões. Nada é resolvido. Então precisamos agir”, disse ele indignado com as reclamações que recebe em seu gabinete de cidadãos que utilizam o serviço na cidade.

As reclamações também foram feitas pelo vereador Vitor Gabriel (PSDB). Ele defende que os vereadores se unam e que a Câmara inteira vá cobrar, “Essa empresa está dilacerando a cidade há muito tempo. Temos de fazer alguma coisa”, disse o vereador da tribuna.

Sem queixas

A assessoria de comunicação da Rápido Luxo informou que a empresa não recebeu nenhuma queixa formal dos vereadores e nem da população sobre eventuais faltas de ônibus ou de atrasos nas linhas, mas admite que possa haver problemas por causa da pandemia.

De acordo com a empresa, hoje estão sendo transportados apenas 30% dos passageiros que eram transportados no período anterior à doença e essa queda significativa exige uma readaptação de carros e linhas, mas não estaria havendo oferta menor que a demanda.

A Rápido Luxo pede que os vereadores e a população façam reclamações pontuais de problemas pelos seus canais de atendimento para que as providências possam ser tomadas também de maneira pontual e dessa forma ainda mais rapidamente, sanando-os efetivamente.

Câmara economiza meio milhão em seis meses com redução de custos

A exemplo de outras Câmaras de Vereadores da região, como Indaiatuba, o Legislativo de Monte Mor economizou R$ 582 mil nos primeiros seis meses do ano com uma severa economia de custos.

“Nosso objetivo é garantir uma inteligente redução de custos para que os serviços e a população não sejam prejudicados”, disse o presidente da Casa, Alexandre Pinheiro (PTB).

A Câmara gastou R$ 2,9 milhões nos seis primeiros meses de 2021, contra R$ 3,5 milhões no mesmo período de 2020, com destaque para os combustíveis com redução de R$ 3,1 mil, segundo ele.

Apesar da economia de gastos, os vereadores mantiveram o ritmo: em 24 sessões, foram aprovadas 454 propostas, entre projetos de lei, emendas, indicações e outros instrumentos legislativos.

Galeria de mídia

  • O vereador Bruno Leite (DEM) cobra a  Prefeitura de Monte Mor para que acione o Ministério Público e rompa contrato e acordos firmados com a concessionária de ônibus

    O vereador Bruno Leite (DEM) cobra a  Prefeitura de Monte Mor para que acione o Ministério Público e rompa contrato e acordos firmados com a concessionária de ônibus
    Foto: Divulgação – Câmara Vereadores de Monte Mor



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE