23 de Jan de 2022
Central de Relacionamento

UniEduK apoia programa para auxiliar adolescentes no tratamento contra a diabetes 

Jovens de 12 a 16 anos são assistidos por psicóloga e enfermeira, com apoio de alunos de Nutrição

 Publicado em  03/12/2021 às 13h35  Indaiatuba  Saúde, beleza e bem estar


Da redação 

O aumento nos casos de diabetes em crianças e jovens acende o alerta para os pais e profissionais da saúde. O Atlas Diabetes 2021 aponta mais de 95 mil meninos e meninas com menos de 20 anos diagnosticados com a doença no Brasil, o que leva o país a marca de terceiro no mundo com mais casos nessa faixa etária, perdendo apenas para Estados Unidos e Índia.

A dificuldade na adesão ao tratamento principalmente no tipo 1, que tem causas genéticas e aparece na maior parte dos diagnósticos da doença em jovens, leva muitos pacientes a renunciarem aos cuidados necessários. Para auxiliar os portadores do diabetes no atendimento clínico e nutricional, o Grupo UniEduK em apoio a Prefeitura de Indaiatuba participa do Grupo Autocuidado e Qualidade de Vida do Adolescente com Diabetes.

Os atendimentos são realizados quinzenalmente às sextas-feiras, das 8h30 às 10h, por psicóloga e enfermeiros da Prefeitura de Indaiatuba, no Ambulatório da Saúde da Mulher e Criança, localizado no Centro Escola de Saúde da Mulher (Cesmu). Alunos e professores do curso de Nutrição do Centro Universitário Max Planck - UniMAX participam do grupo com oficinas de culinária.

Participam do programa jovens de 12 a 16 anos, residentes de Indaiatuba, com encaminhamento médico. "O programa foi criado para auxiliar as famílias que geralmente chegam com muitas dúvidas e preocupações quando se deparam com o diagnóstico de Diabetes Melitus tipo 1. De uma forma educativa, procuramos ajudar os pais e filhos na mudança de atitude necessária para o controle da doença e de suas complicações", explica coordenadora do ambulatório Ana Freitas.

Segundo ela, o programa interdisciplinar propicia o autocuidado e mais qualidade de vida ao paciente. "Atualmente existe uma infinidade de alimentos, que deixam a deita cada vez menos restritiva e mais saudável. O apoio psicológico também é fundamental para auxiliar na adesão ao tratamento", afirma a coordenadora.

Para a diretora da UniMAX, Luciana Mori, o programa beneficia tanto a população que contará com serviço de saúde de qualidade quando os alunos por terem a oportunidade de colocar em prática os conceitos aprendidos em sala de aula e vivenciar sua futura profissão.

"Procuramos investir na qualidade de ensino, corpo docente, infraestrutura, quanto nas experiências acadêmicas proporcionadas em sala de aula, ambientes simulados e campos reais de prática em unidades básicas de saúde, ambulatórios de especialidades médicas e outros campos de estágio que não apenas enriquecem o potencial do aluno, mas que determinam uma formação sólida baseada na prática desde o primeiro ano", ressalta a diretora.

 

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE