30 de Jun de 2022
Central de Relacionamento

Receita alerta para os casos de golpe na restituição do Imposto de Renda

Criminosos estão se passando pelo órgão para lesar as pessoas que estão prestando contas ao Fisco

 Publicado em  22/05/2022 às 08h36  Indaiatuba  Cidades


Exemplo de comunicação utilizada por golpistas usando restituição do IRRF como isca

Exemplo de comunicação utilizada por golpistas usando restituição do IRRF como isca
Foto: Reprodução/Receita Federal

DENISE KATAHIRA

denisekatahira@maisexpressao.com.br

Antes mesmo do fim do prazo da entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022, que ocorre no dia 31 de maio, os golpistas estão se passando pela Receita Federal para lesar as pessoas que estão prestando contas ao Fisco. 

Desta vez, os criminosos estão enviando e-mails na tentativa de convencer os contribuintes a confirmar um falso cadastro para recebimento da restituição do IRPF. Para dar mais credibilidade, são utilizadas imagens fraudulentas com a logomarca comemorativa da Receita Federal para os 100 anos do Imposto de Renda, além da conta gov.br.

Segundo o órgão, na mensagem, que contém um link malicioso para visualização de um falso comprovante de recebimento da restituição, os criminosos informam os dados para recebimento da restituição via Pix.

Os alertas enviados pela Receita Federal por e-mail ou mensagem não possuem links de acesso. Todas as informações recebidas devem ser confirmadas diretamente no Portal e-CAC, com acesso seguro por meio da conta gov.br, informou o órgão.

A Receita deixou claro que não há dados sobre o número de pessoas que receberam e-mail falso e sobre quem foi lesado.

Restituição

O pagamento da restituição do Imposto de Renda 2022 será feito em cinco lotes. Quem envia a declaração primeiro, recebe a restituição mais rápido. O primeiro lote será pago no dia 31 de maio. O segundo lote está programado para 30 de junho, o terceiro para 29 de julho, o quarto para 31 de agosto e o quinto para 30 de setembro.

Neste ano, o contribuinte pode informar sua chave Pix para receber a restituição. Mas essa chave precisa ser, necessariamente, o CPF do contribuinte. Número de celular, e-mail e chaves aleatórias não serão aceitas.

As outras opções de crédito em conta corrente e poupança seguem valendo. A conta bancária informada na declaração deve ser do titular da declaração.

Mais de 20 mil contribuintes ainda não declararam

A Receita Federal de Indaiatuba informa que, dos 72.845 contribuintes, 49.903 enviaram a declaração ao Leão até agora. Portanto, 22.942 ainda não entregaram os documentos ao Fisco, mas ainda têm tempo. O prazo final é dia 31 de maio de 2022.

A multa para quem perder o prazo de envio é de 1% ao mês sobre o imposto devido. O valor mínimo é de R$ 165,74, podendo chegar, no máximo, a 20% do imposto de renda.

Além da multa, quem não entregar a declaração no prazo enfrenta restrições. Inicialmente, é feita a inclusão do CPF em uma condição de irregularidade. Com isso, o cidadão não pode fazer empréstimo em bancos ou prestar concurso público, por exemplo.

Galeria de mídia

  • Exemplo de comunicação utilizada por golpistas usando restituição do IRRF como isca

    Exemplo de comunicação utilizada por golpistas usando restituição do IRRF como isca
    Foto: Reprodução/Receita Federal



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE