23 de Fevereiro de 2019
Central de Relacionamento

Projeto de Orientação Postural é levado a alunos da rede municipal

Atividade piloto teve início com os estudantes da EMEB André Franco Montoro


10/10/2018 às 13h01

Valinhos    Cidades


A Prefeitura de Valinhos está promovendo o Projeto de Orientação Postural, que teve início esta semana na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEB) André Franco Montoro. Parceria entre as secretarias de Saúde e de Educação, a iniciativa busca orientar e corrigir alunos sobre como manter a postura correta para evitar problemas de saúde. O projeto deve ser levado para outras faixas etárias e unidades de ensino municipais de Valinhos. 

A psicóloga e diretora do Departamento de Programas e Projetos da Secretaria de Saúde, Gretta Barducchi, está à frente da iniciativa, com o apoio de duas fisioterapeutas. 

“Nós sempre tivemos a intenção de desenvolver um projeto para educação postural infantil e essa Administração abraçou a causa. Entendemos que dentro da escola é o melhor lugar para se fazer a promoção da saúde. Está sendo um projeto piloto que gostaríamos de estender para toda a rede”, afirmou Greta. 

Na primeira ação do projeto, a equipe avaliou individualmente 65 crianças dos terceiros anos da EMEB Franco Montoro. As fisioterapeutas explicaram que problemas como desvio de coluna, escoliose, posição inadequada do joelho, pés e cabeça são percebidos visualmente e podem deixar sequelas na vida adulta.

“Um desvio nessa idade, entre 8 e 9 anos, muitas vezes não é visto pelos pediatras, pois não dói, e também não é visível nos exames de rotina. Com isso, a criança se desenvolve e chega à adolescência já fixando a postura errada, o que pode resultar em um adulto com dores crônicas”, explicou a fisioterapeuta Giovana Barducchi. 

Segundo Greta, os professores foram capacitados para auxiliar na orientação aos alunos em sala de aula. “Meu coração bate mais forte pela saúde escolar. As crianças absorvem muito rápido o que lhes é ensinado, ficam atentos. Porém, é importante que esse cuidado se estenda. Os professores de educação física da rede municipal foram instruídos pela nossa equipe para corrigir essa postura dentro da sala, reforçando a conscientização corporal própria para as crianças”, disse. 

Durante a avaliação, os alunos recebem informações sobre postura, como a maneira correta de sentar e levantar a mochila. 

Para a professora Maria Valéria Silva, o projeto é muito interessante para conscientizar também as famílias. "Tenho exemplo disso, um aluno meu sentia fortes dores no pescoço. Após ter feito uma série de exames, foi diagnosticado que o problema era postural”, contou. 

Aos 9 anos, Maria de Oliveira disse que gosta de pular corda e foi orientada sobre como fazer a atividade corretamente. “Tenho que ficar retinha, se não, quando eu crescer vou ficar com a coluna errada”, aprendeu. 

“Sermos os pioneiros deste projeto é muito gratificante. Para nós, trabalhar com a saúde das crianças e fazer com que tenham mais qualidade de vida é muito importante. Elas vão levar isso por toda a vida”, afirmou o diretor da EMEB, Alceu Bento Junior. 

 



Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Importante

  • Todo comentário é de responsabilidade exclusiva de seu autor
  • Nenhum comentário expressa ou representa a opnião do nosso portal
  • Não use comentários para incitar ou promover atos difamatórios, preconceituosos, seja de qualquer raça, genêro, oriêntação, religião, deficiência ou de qualquer espécie e natureza
  • O comentário poderá ser excluído a qualquer momento, sem prévio aviso, caso infrinja o regulamento acima.

Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá