28 de Outubro de 2020
Central de Relacionamento

Polícia Civil prende quadrilha estelionatária

Investigação desativou esquema fraudulento

 Publicado em  08/07/2019 às 08h00  São Sebastião  Polícia


Uma operação estruturada por policiais civis do 1º DP de São Sebastião (Deinter 6), culminou, na última quarta-feira (3), com a prisão de quatro pessoas, suspeitas de integrarem quadrilha envolvida com o crime de estelionato.

A Polícia Civil de São Sebastião foi informada, na noite de terça-feira (2), por policiais civis do município de Monte Alto/SP, que pessoa se passando por um correntista daquela cidade tentaria efetuar um saque no valor de R$ 69.000,00 no dia seguinte. 

Alertado, o gerente da agência de São Sebastião informou, na manhã de quarta-feira (3), a presença de um homem que efetivamente pretendia sacar a referida quantia, após ter aberto uma conta ali e resgatado um valor superior a R$ 1.700.000,00 da conta original de Monte Alto. Preso em flagrante, o homem admitiu aos policiais o uso de documentos falsos e explicou que receberia a quantia de R$ 5 mil para executar o plano estruturado por uma outra pessoa.

No mesmo dia, com poucas horas de diferença, a unidade policial foi acionada novamente pela agência bancária. Na ocasião, os funcionários suspeitaram de uma mulher que apresentou documentação com indícios de falsificação na tentativa de abertura de conta na instituição.

Ao apurar a ocorrência, a mulher admitiu a utilização de documentação falsificada e usou justificativas muito semelhantes às do primeiro suspeito, o que levou a polícia a constatar ligação entre as duas ocorrências.

A investigação chegou então ao terceiro elemento da quadrilha, que trabalha num escritório de contabilidade no município de Caraguatatuba. A partir de diligências na cidade vizinha, os policiais chegaram ao suspeito, que acabou confessando envolvimento no golpe, levando os investigadores ao quarto integrante, e mentor do esquema fraudulento. 

A Polícia Civil apurou ainda que os recursos desviados seriam convertidos em criptomoedas, especialmente o Bitcoin, através da intervenção de corretora que utiliza servidores proxy da Ásia, o que dificultaria muito as investigações.

Além da prisão dos quatro suspeitos de envolvimento no esquema, as investigações foram responsáveis pela apreensão de diversos documentos falsificados, telefones celulares e computadores. As investigações prosseguem com o intuito de apurar a participação de outros indivíduos no esquema criminoso.

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE