23 de Abr de 2021
Central de Relacionamento

Médico cardiologista fala sobre acometimento do coração na Covid-19

Segundo especialista, órgão pode ser afetado nas fases agudas e crônicas da doença

 Publicado em  26/03/2021 às 11h45  Indaiatuba  Saúde, beleza e bem estar


Médico cardiologista Luiz Carlos Chiaparine foi entrevistado do Mais Saúde

Médico cardiologista Luiz Carlos Chiaparine foi entrevistado do Mais Saúde
Foto: Reprodução

Bárbara Garcia

O Programa Mais Saúde, apresentado pelo Dr. Eduardo Santos, recebeu no último dia 17 o médico cardiologista e atual vereador de Indaiatuba, Luiz Carlos Chiaparine, que abordou a atual exaustão das equipes médicas no combate ao Covid-19. Além de muitos médicos terem se infectado, os que continuam nas frentes de trabalho acabam desenvolvendo um quadro de estafa e até depressão, pelo excesso de trabalho.

Somando-se a isso, as equipes médicas estão reduzidas, muito por conta da falta de profissionais preparados no mercado, porque a formação de um médico intensivista – especializado em UTI, como por exemplo o Dr. Eduardo – é complexa e leva tempo.

Chiaparine explicou, como cardiologista, as formas como o coração pode ficar comprometido nos diferentes casos de Covid-19, tanto na fase aguda como na fase crônica: o lado direito do coração pode ficar bastante comprometido na fase aguda, trabalhando excessivamente, e sobrecarregando assim o pulmão, causando uma “pneumonia extensa” e aumentando a pressão arterial. O lado esquerdo também pode sofrer, tendo inflamação do músculo do coração – chamada miocardite – e ainda inflamação da membrana – chamada pericardite. Também há relatos de infarto.

Outra questão que tem ocorrido com mais frequência nessa segunda onda de contaminação, talvez pelas mutações do vírus, segundo o cardiologista, são os casos de “coração fraco”.

“Pessoas que antes de se contaminar não tinham nenhum problema cardíaco e que pós-Covid ficaram com sequelas e problemas que devem ser acompanhados com cuidado, mesmo após o paciente ter se curado”, explica o Dr. Chiaparine.

Uma situação preocupante que também está ocorrendo, de acordo com o cardiologista, são mortes de pessoas que já tinham problemas cardíacos pré-existentes e que acabam morrendo porque não há leitos nos hospitais para que sejam atendidos. Dr. Chiaparine também lembra de casos de pessoas que tem medo de procurar um hospital, por conta da pandemia, e infelizmente acabam falecendo por problemas cardíacos agudos que não foram socorridos a tempo.

Para você que ficou interessado no assunto, clique AQUI e assista a entrevista completa. Além disso, todas as quartas-feiras, às 20h, o Dr. Eduardo Santos recebe convidados importantes da área da saúde, trazendo debates e conceitos interessantes.

 

Galeria de mídia

  • Médico cardiologista Luiz Carlos Chiaparine foi entrevistado do Mais Saúde

    Médico cardiologista Luiz Carlos Chiaparine foi entrevistado do Mais Saúde
    Foto: Reprodução



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE