06 de Agosto de 2020
Central de Relacionamento

Jaguariúna recebe Selo Município Verde Azul de reconhecimento ambiental

A cidade ocupa a 78ª posição

 Publicado em  15/12/2014 às 08h00  Jaguariúna  Cidades


Pelo quarto ano consecutivo Jaguariúna ocupa posição de destaque no ranking ambiental do Estado de São Paulo. Este ano o município foi classificado em quinto lugar entre as cidades da RMC que receberam o Selo Verde Azul. Dos 610 municípios paulistas cadastrados, a cidade ocupa a 78ª posição.

A entrega do prêmio foi realizada ontem, 11 de dezembro, no Palácio Bandeirantes, sede do Governo do Estado.

A classificação reconhece a boa gestão ambiental do município, que terá prioridade na captação de recursos junto ao Governo do Estado. Foram avaliadas ações nas áreas de esgotamento de lixo tratado, recuperação de mata ciliar, arborização urbana, educação ambiental, uso da água, poluição do ar, entre outras.

“Evoluímos na pontuação e, além do reconhecimento no índice, a boa classificação de Jaguariúna permitirá a obtenção de recursos que irão favorecer as políticas públicas para o meio ambiente”, salientou a diretora de Meio Ambiente, Rafaela Giusti Rossi.

 

100% de esgoto tratado

Com previsão de tratar 100% do esgoto até 2016, a Prefeitura iniciou as obras do sistema de coleta e afastamento de esgoto – fases II e III, bacia do Jaguari, com previsão de atender mais de 39 mil pessoas.

 

IPTU Verde: um avanço na preservação ambiental

 

Visando fomentar medidas de preservação, proteção e recuperação do meio ambiente, a Prefeitura instituiu o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) Verde. O imposto reduzirá o IPTU aos proprietários de imóveis residenciais e não-residenciais que adotarem medidas que favoreçam a preservação do meio ambiente como a implantação de sistema de captação da chuva; sistema de reuso da água; sistema de aquecimento hidráulico solar; calçada ecológica e permeabilidade do solo.

 

Ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto

 

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, iniciou a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).
O investimento total é de R$ 2.309.927,06, sendo parte financiada com recursos da FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos)

A ampliação contempla a construção de uma lagoa aerada e um decantador que vão aumentar em cerca de 35% a capacidade média de tratamento de esgoto sanitário para o equivalente a 10 mil habitantes.

Galeria de mídia



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá

Compartilhe