26 de Maio de 2022
Central de Relacionamento

Crianças de Indaiatuba começam a serem imunizadas contra Covid-19

Expectativa é de que 20 mil crianças sejam vacinadas nos próximos 15 dias

 Publicado em  21/01/2022 às 13h39  Indaiatuba  Coronavírus


Técnica de enfermagem Talita Tozzi da Rocha, prefeito Nilson Gaspar, vice-prefeito Túlio Tomass, o menino Rafael Kenzo e sua mãe Ciléia Imazava    

Técnica de enfermagem Talita Tozzi da Rocha, prefeito Nilson Gaspar, vice-prefeito Túlio Tomass, o menino Rafael Kenzo e sua mãe Ciléia Imazava   
Foto: Leonardo Cruz – RIC/PMI

Lucas Mantovani
redacao@maisexpressao.com.br 

Indaiatuba deu início à vacinação contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos com comorbidades na última terça-feira (18), em evento simbólico no Espaço Viber. Contando com 10 crianças para serem vacinadas, 9 delas alunas da APAE, todos receberam os imunizantes da Pfizer, única vacina aprovada pela Anvisa até o momento. Segundo a Prefeitura de Indaiatuba, a expectativa é vacinar cerca de 20 mil crianças nos próximos 15 dias.

A primeira criança vacinada da cidade se chama Rafael Kenzo, de 8 anos. Com alguns problemas de saúde que o enquadram no grupo de risco, sua mãe, Ciléia Imazava, não pensou duas vezes na hora de decidir pela imunização do filho. “Vai ser o caminho para que essa doença melhore. Só quem tem o filho que já ficou na UTI sabe como é sério, como é difícil acompanhar uma criança internada. É muito importante a vacina para que elas não passem por isso”.

O incentivo à vacinação foi a tônica dos discursos realizados pelos representantes do poder público. Segundo a secretária de Saúde, Graziela Garcia, o evento é também símbolo de esperança. “Vivemos um dia de sol em meio à tempestade, mas só funciona se todos se vacinarem, é uma estratégia coletiva”. O presidente da Câmara, Pepo Lepinsk (MDB), ressaltou a confiança na ciência. “Existem muitas pessoas contra, mas temos que acreditar na ciência, sabemos que sem a vacina seria muito pior”.

A expectativa é vacinar até 500 crianças por dia, isso se a quantidade de vacinas repassadas aumentarem, comentou o prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB). “Precisamos de mais vacinas, é o que está faltando para atendermos mais rápido a todos. A logística nós já temos, agora é cobrar o governo para que aumente o repasse”, afirmou o prefeito. Até o momento, a cidade recebeu cerca de 1.150 doses do imunizante.

Com a vacinação em massa de crianças nas próximas semanas, a volta às aulas poderá ocorrer com maior segurança. Segundo Ciléia, o filho deixou de frequentar a instituição de ensino durante os últimos dois anos. "Ele vai ter mais segurança para voltar, agora estou mais segura. Para ele vai ser muito bom, é muito difícil para a criança ficar esse tempo todo em casa”, disse a mãe.

Estrutura da Viber

Após a vacinação, a criança ficará ainda cerca de 20 minutos no local, para garantir que não haja nenhum tipo de reação ao imunizante. Para isso, houve uma adaptação do local, que passa a contar com mesas, cadeiras, desenhos e giz de cera para colorir, com o objetivo de que as crianças fiquem confortáveis na espera. No local também foi instalado um telão, assim que a criança tomar a vacina, o nome aparece na tela. Após o tempo de espera, o nome será apagado, auxiliando o familiar a saber que a espera acabou. O local também contará com ambulância, em caso de algum tipo de emergência.

Calendário de vacinação

O início oficial da vacinação aconteceu na quarta-feira (19). Primeiro serão vacinadas as crianças com comorbidades. Entre os dias 20 e 21, as crianças com 11 anos. É importante levar o QR Code, disponibilizado através da página Minha Vacina, e levar documento de identificação com foto do pai, mãe ou responsável, comprovante de endereço e um documento da criança (RG, CPF ou certidão de nascimento), junto a carteirinha de vacinação.

Internação em UTI de crianças e adolescentes por Covid-19 sobe 61%

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou na última quarta-feira (19) um aumento expressivo na internação de crianças e adolescentes devido à Covid-19. De acordo com o órgão, nos últimos dois meses o índice de pessoas com menos de 18 anos que estão nas UTIS subiu 61,3%, passando de 106 pacientes, em novembro, para 171 em janeiro.

De acordo com o governador do Estado de São Paulo, João Dória (PSDB), para a contenção dos números é fundamental a vacinação de crianças e adolescentes. “Os dados da Secretaria de Saúde mostram alta de 61% na hospitalização de menores de 18 anos em UTIs, nos últimos dois meses, no Estado de SP. Os dados evidenciam a necessidade de acelerarmos a vacinação infantil", disse o Governador”, comentou.


 

Galeria de mídia

  • Técnica de enfermagem Talita Tozzi da Rocha, prefeito Nilson Gaspar, vice-prefeito Túlio Tomass, o menino Rafael Kenzo e sua mãe Ciléia Imazava    

    Técnica de enfermagem Talita Tozzi da Rocha, prefeito Nilson Gaspar, vice-prefeito Túlio Tomass, o menino Rafael Kenzo e sua mãe Ciléia Imazava   
    Foto: Leonardo Cruz – RIC/PMI



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE