24 de Fevereiro de 2019
Central de Relacionamento

Citi anuncia plano de devolução dos créditos dos cartões magnéticos

Restituição deverá ser pleiteada diretamente na companhia a partir do dia 2 de maio


20/04/2018 às 12h56

Indaiatuba    Cidades

A situação dos créditos já vinha se arrastando desde que a Citi foi impedida de operar em Indaiatuba, no dia 12 de fevereiro

A situação dos créditos já vinha se arrastando desde que a Citi foi impedida de operar em Indaiatuba, no dia 12 de fevereiro - Foto: Guilherme Liberalesso


Durante reunião realizada na última quarta-feira, dia 18, no Ministério Público (MP), a Citi ,do Grupo Rápido Sumaré protocolou o plano de devolução dos créditos dos cartões magnéticos a passageiros de Indaiatuba.
A empresa irá disponibilizar, a partir do dia 2 de maio, atendimento aos usuários que possuem créditos bloqueados nos cartões. O pedido de restituição deverá ser feito, diretamente na empresa, que está localizada na Rua Siqueira Campos, 331, Centro. 
Para os que possuem créditos em cartões "Comum" ou "Escolar Comum", terá até 60 dias para solicitar o reembolso. Os consumidores devem estar munidos de documento de identificação pessoal e do cartão de transporte da Citi. Também será preciso informar a conta bancária para que seja efetuado o depósito. Em caso de contas em nomes de terceiros, será necessário também levar o CPF e o nome completo do titular da conta. O depósito será feito em até 15 dias da data de comparecimento na Central de Vendas da concessionária. Quanto ao vale-transporte, a questão ainda segue indefinida, pois há a dúvida de quem deve ser ressarcido, se é a empresa ou o consumidor.  Já os valores pertencentes à prefeitura, dos cartões "Municipal" e "Escolar Municipal", a devolução será feita em até 60 dias após a indicação da conta do município.
Impasse
As partes finalmente chegaram a um acordo que resolve, parcialmente, a questão após a Rápido Sumaré ter 3 de suas propostas recusadas. A primeira proposta, feita no dia 15 de março, era de uma operação extraordinária, concomitantemente com a SOU Indaiatuba, para que os usuários pudessem utilizar seus créditos e depois pleitear o dinheiro restante diretamente com a empresa. A segunda proposta apresentada no dia 22 de março, seria a instalação dos validadores de cartão da Citi nos ônibus da SOU Indaiatuba. Essa operação estaria disponível por 60 dias e após o período, os consumidores poderiam pleitear o valor restante com a Citi. Uma terceira proposta foi feita 2 de abril, de instalar apenas o chip da Citi nos validadores da SOU Indaiatuba. A proposta também foi  recusada.



Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Importante

  • Todo comentário é de responsabilidade exclusiva de seu autor
  • Nenhum comentário expressa ou representa a opnião do nosso portal
  • Não use comentários para incitar ou promover atos difamatórios, preconceituosos, seja de qualquer raça, genêro, oriêntação, religião, deficiência ou de qualquer espécie e natureza
  • O comentário poderá ser excluído a qualquer momento, sem prévio aviso, caso infrinja o regulamento acima.

Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá