08 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Cidade vence Louveira e conquista o bicampeonato da Taça EPTV de Futsal

Competição estava suspensa havia 31 anos e Indaiatuba tinha sido a última campeã, em 1991

 Publicado em  01/07/2022 às 12h20  Indaiatuba  Esportes


A equipe de Indaiatuba, que se sagrou campeã da 8° Taça EPTV de Futsal e bicampeã do torneio

A equipe de Indaiatuba, que se sagrou campeã da 8° Taça EPTV de Futsal e bicampeã do torneio
Foto: Pedro Amatuzi

Rayane Lins*

rayanelins@maisexpressao.com.br

Indaiatuba conquistou o bicampeonato da Taça EPTV Campinas de Futsal, ao vencer a cidade de Louveira por 4 a 2, na final disputada na tarde de sábado (25), no Ginásio Municipal de Esportes Laérzio Carletti, em Amparo.

A competição voltou a ser disputada agora após 31 anos de interrupção. Indaiatuba já tinha sido campeã na última edição, em 1991. A conquista aconteceu depois de sete vitórias, um empate e nenhuma derrota. A equipe local ainda teve o melhor ataque do torneio com 44 gols.

Juninho Oliveira, jogador da ADI (Associação Desportiva Indaiatuba) e autor do gol que fechou o placar para o time de Indaiatuba, contou ao Mais Expressão que a trajetória foi emocionante, principalmente quando ganharam o jogo nas penalidades, que garantiu a vaga nas semifinais.

O jogador também conta que o elenco era composto por com cinco jogadores da ADI, com uma mescla com outros jogadores da cidade, que já tiveram passagem ou jogam no futebol amador local. “Deu muito certo, o time se entrosou muito rápido e obtivemos resultado imediato, conseguindo nos consagrarmos campeões invictos, com a melhor defesa depois da final e também o melhor ataque”.

O jogo

Quem começou a partida jogando melhor foi Indaiatuba. Os jogadores de Indaiatuba, Andrei e Robert, deram trabalho ao goleiro Fábio, de Louveira, nos minutos iniciais. Andrei acertou a trave. Até que aos quatro minutos, Robert dominou pela direita, bateu forte, Fábio tocou na bola, mas ela já tinha passado da linha, não conseguindo evitar o gol.

Louveira conseguiu fazer o gol de empate aos 11 minutos. Léo aproveitou a saída errada do time adversário, bateu de longe, de pé esquerdo, fazendo com que a bola se desviasse no meio do caminho e tirasse o goleiro Carlão da jogada. Indaiatuba ainda criou boas chances com Thiago e Leandro, mas Fábio brilhou fazendo boas defesas e mantendo empate no primeiro tempo.

Fabinho

Já no segundo tempo, o goleiro Fabinho entrou na equipe de Indaiatuba e fez a diferença. Primeiro com um passe na medida para Juninho desviar de cabeça para a rede. Depois, lançou com a mão, a bola bateu no travessão, nas costas de Thiago e entrou.

João Vitor diminuiu para Louveira na sequência, com um chute de bico. Mas Juninho apareceu de novo, com uma bonita jogada individual, e marcou para fechar o placar, Indaiatuba 4 x 2 Louveira.

Para Juninho, estratégia ganhou o jogo

Juninho Oliveira, autor dos gols decisivos para Indaiatuba, relatou que foi um desafio, pois o time de Louveira contava com a melhor defesa até então e o treinador teve de montar uma estratégia especial para que isso fosse mudado durante o jogo. “O segundo tempo foi de grande emoção. Pude ajudar a equipe fazendo dois gols”.

“Nós já sabíamos do objetivo final, tínhamos de fazer um bom jogo e representar bem a nossa cidade, que é uma potência não só no futsal, mas também em outras modalidades. Era uma responsabilidade muito grande. Não tinha outra opção, a não ser sair dali com título”, comentou Juninho.

O jogador também contou a sensação de ser campeão e de trazer o troféu para a cidade: “A sensação foi a melhor possível, apresentar a nossa cidade em tevê aberta, ginásio lotado, famílias indo prestigiar, torcida, é muito gratificante, é muita felicidade, tanto dos jogadores, como da comissão”.

Além de a equipe ser titulada com o melhor ataque da competição, Thiago Silva, também do time da cidade, ganhou como “Jogador Revelação”. Após a partida da final, o time foi consagrado com a melhor defesa e equipe que mais fez gol no campeonato. “O caneco já está aqui em Indaiatuba.”, finalizou Juninho.

*Rayane Lins integra o Programa de Estágio do Grupo Mais Expressão.

Galeria de mídia

  • A equipe de Indaiatuba, que se sagrou campeã da 8° Taça EPTV de Futsal e bicampeã do torneio

    A equipe de Indaiatuba, que se sagrou campeã da 8° Taça EPTV de Futsal e bicampeã do torneio
    Foto: Pedro Amatuzi

  • O jogador Juninho (ao centro), responsável por fazer dois gols na decisão do sábado

    O jogador Juninho (ao centro), responsável por fazer dois gols na decisão do sábado
    Foto: Pedro Amatuzi



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE