08 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

Cidade chega a 164 mil eleitores com nova regularização

Número ainda pode aumentar com a finalização das análises dos documentos apresentados

 Publicado em  17/06/2022 às 09h52  atualizado em 17/06/2022 às 10h01 - Indaiatuba  Política


Mais de 2 milhões de jovens entre 16 e 18 anos fizeram o título eleitoral para as eleições de 2022

Mais de 2 milhões de jovens entre 16 e 18 anos fizeram o título eleitoral para as eleições de 2022
Foto: Reprodução

Lucas Mantovani

lucasmantovani@maisexpressao.com.br

Um mês após o término do período para ajustar as pendências com a justiça eleitoral, a cidade de Indaiatuba contabiliza pouco mais de 164 mil eleitores. São 8 mil votantes a mais do que no último número que o Mais Expressão teve acesso, em 5 maio. A quantidade, no entanto, ainda não é definitiva e pode aumentar.

Por conta de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral, tomada em abril, muitos títulos que haviam sido cancelados por falta de cadastramento de biometria entre 2019 e 2020 serão válidos para a votação das eleições gerais neste ano. Somente ao final de junho, estima o Cartório de Indaiatuba, será possível saber o número total de eleitores no município. Ainda estão cancelados, no entanto, os títulos de pessoas que faleceram ou deixaram de votar nas últimas três eleições consecutivas, sendo a última em 2018.

O número de eleitores é costumeiramente variável nas cidades, por conta de inúmeros fatores: falecimentos, transferências de títulos, cancelamentos, idade da população. Em Indaiatuba, por exemplo, havia cerca de 119 mil eleitores em 2004. O número já aumenta bastante para as eleições de 2018, em maio, quando o município tinha mais de 161 mil eleitores. Em maio de 2020 esse número chegou a 177 mil, isso por conta também da decisão do TSE de revalidar o título dos eleitores que ainda não haviam feito o cadastramento biométrico.

De acordo com a chefe do Cartório de Indaiatuba, Lilian Lima, nada impede que os números deste ano cheguem na mesma perspectiva da última eleição, em 2020. “Esse número de 2020 é resultado da decisão do TSE, já estamos este ano com 164 mil e o número pode aumentar ainda até o final de junho”, comentou.

Segundo o TSE, mais de 2 milhões de jovens entre 16 e 18 anos fizeram o título eleitoral para as eleições de 2022. Somente no último mês, cerca de 8,5 milhões de pedidos foram realizados, 4,5 milhões presencialmente e outros 4 milhões online.

Cartório faz testes nas urnas para eleição deste ano

O Cartório Eleitoral de Indaiatuba segue se preparando para a realização de mais um ciclo eleitoral na cidade. Atualmente, o órgão passa por um simulado de testes e por carga na bateria das urnas.

Segundo a chefe do cartório municipal, Lilian Lima, a cada três meses as urnas também são testadas. Além disso, o Tribunal Superior Eleitoral tem um sistema que testa de forma eletrônica as urnas.

Durante o período de votação existe todo um sistema de policiamento, montado junto à Guarda Civil e à Polícia Militar para proteger os locais de votação e as urnas que seguem para as sessões eleitorais também são transportadas por escolta. Ao fim da votação, sempre há sessões e urnas escolhidas para que haja uma auditoria, processo que é acompanhado por membros da população civil e da Ordem dos Advogados do Brasil. 

 

 

Galeria de mídia

  • Mais de 2 milhões de jovens entre 16 e 18 anos fizeram o título eleitoral para as eleições de 2022

    Mais de 2 milhões de jovens entre 16 e 18 anos fizeram o título eleitoral para as eleições de 2022
    Foto: Reprodução



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE