06 de Dezembro de 2019
Central de Relacionamento

Capital diminui latrocínios e roubos e furtos de veículo

Extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas

 Publicado em  02/12/2019 às 08h43  São Paulo  Polícia


Por Governo do Estado

A capital paulista registrou queda nos casos e vítimas de latrocínio e nos roubos e furtos de veículo no mês de outubro, quando comparado a igual período em 2018, segundo dados divulgados na sexta-feira (29) pela Secretaria da Segurança Pública. Também houve redução nos roubos a banco e as extorsões mediante sequestro ficaram zeradas.

Os casos de roubos seguidos de morte diminuíram de oito para dois em outubro. O número de vítima de latrocínios reduziu de nove para dois. Em ambos os indicadores as somas foram as menores da série, iniciada em 2001. Os indicadores estão disponíveis na página de Estatísticas da Secretaria.

As ocorrências de estupros tiveram alta de 31,3%, passando de 230 para 302. Já as ocorrências de extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas pela quarta vez consecutiva na análise histórica.

Os homicídios dolosos subiram de 56 para 62 e o indicador de vítimas de mortes intencionais de 58 para 66. Com as variações, as taxas dos últimos 12 meses (de novembro de 2018 a outubro de 2019) ficaram em 5,51 casos e 5,88 vítimas de homicídios dolosos a cada grupo de 100 mil habitantes na capital.

Os roubos de carga aumentaram de 349 para 350. Já os roubos a banco recuaram de três para um no período mensal – também é o menor total da série.

O indicador de roubos de veículo apresentou o menor número da série histórica iniciada em 2001. Com redução de 25,1%, ou 595 casos, o número passou de 2.367 para 1.772, na comparação com outubro do ano passado.

Nos furtos de veículos, o recuo foi de 10,6%, com a diferença de 402 ocorrências (de 3.782 para 3.380). O resultado é o segundo menor da série.

Outros indicadores

O trabalho das polícias paulistas na capital, no mês de outubro, resultou em aumento de 7,83% no número de prisões. A quantidade subiu de 2.963 para 3.195 na comparação do décimo mês de 2018 e 2019.

No mesmo período, 214 armas ilegais foram retiradas das ruas de São Paulo e 736 flagrantes por tráfico de entorpecentes foram registrados.

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá