28 de Set de 2021
Central de Relacionamento

Câmara convoca extraordinária para votar prorrogação do auxílio emergencial

Vereadores se reúnem na segunda-feira (26) para analisar projeto da Prefeitura

 Publicado em  23/07/2021 às 10h34  Indaiatuba  Economia


Os pagamentos acontecem através do aplicativo Caixa Tem, disponível para todos os celulares

Os pagamentos acontecem através do aplicativo Caixa Tem, disponível para todos os celulares
Foto: Reprodução

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

O presidente da Câmara de Indaiatuba, Jorge Luís Lepinsk (MDB), o Pepo, convocou os vereadores para retornarem do recesso e votarem, em sessão extraordinária na segunda-feira (26), às 18h, projeto que prorroga o pagamento do auxílio emergencial.

Semelhante ao que é pago pelo governo federal, o benefício, que pode chegar a R$ 190 por família, dependendo do número de filhos, foi concedido em abril e começou a ser liberado em 12 de maio, mas estavam previstas apenas três parcelas, que terminam neste mês.

Entendendo que as dificuldades provocadas pela pandemia continuam afetando essas famílias e atendendo aos pedidos do presidente da Câmara e de outros vereadores da base, o prefeito Nilson Gaspar (MDB) decidiu prorrogar o pagamento por mais três meses.

Urgência

A intenção de Pepo Lepinsk é que o projeto seja aprovado na sessão de segunda-feira, em regime de urgência, para que o primeiro repasse ocorra já no começo de agosto, evitando assim que os beneficiados sejam prejudicados com a interrupção do pagamento.

A considerar pelo apoio que o projeto teve na primeira votação (foi aprovado por unanimidade), o presidente não terá problemas para aprovar. Além de Pepo, enalteceram o projeto: Luiz Carlos Chiaparine MDB), Alexandre Peres (Cidadania) e Leandro Pinto (DEM).

Custeio

Usando recursos do superávit do orçamento da cidade no ano passado, o prefeito Nilson Gaspar investiu R$ 2,6 milhões para bancar os primeiros três meses do benefício, que visou inicialmente atender cerca de 20 mil pessoas inseridas no Cadastro Único do governo federal.

O investimento para a prorrogação não foi divulgado pela Prefeitura ainda, mas gira em torno do mesmo valor, já que o número de beneficiados e o valor pago são os mesmos, conforme divulgou de maneira informal o prefeito em sua página em uma rede social.

As cerca de 7 mil famílias de Indaiatuba, inscritas no Cadastro Único que serão beneficiadas, receberão parcelas de R$ 130 cada, podendo chegar a R$ 190, já que também serão pagos mais R$ 20 por filho de até 14 anos de idade, com máximo de três por família.

Complemento

O auxílio emergencial visa assegurar às famílias mais vulneráveis o benefício financeiro para o suprimento das necessidades básicas e para complementar os auxílios semelhantes pagos pelos governos federal e estadual nessa travessia da crise provocada pela pandemia.

De acordo com a Prefeitura, poderão participar do programa as famílias residentes no município que tenham renda per capita familiar de até meio salário-mínimo (R$ 550,00), e que estejam inscritas no Cadastro Único entre 16 de janeiro de 2019 a 16 de janeiro de 2021.

Beneficiados devem acessar AQUI para ver os procedimentos necessários para receber.

Galeria de mídia

  • Os pagamentos acontecem através do aplicativo Caixa Tem, disponível para todos os celulares

    Os pagamentos acontecem através do aplicativo Caixa Tem, disponível para todos os celulares
    Foto: Reprodução



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

06 NOV 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE