15 de Jun de 2021
Central de Relacionamento

Revendas de carros de Indaiatuba se adaptam às dificuldades da pandemia

Com o isolamento social e a falta de veículos 0km no mercado, empresários do setor se mantiveram investindo na internet

 Publicado em  04/06/2021 às 13h10  atualizado em 04/06/2021 às 13h11 - Indaiatuba  Economia


A maioria das cerca de 80 revendas existentes em Indaiatuba mantém pelo menos um site ou um instagram/facebook para chegar aos clientes

A maioria das cerca de 80 revendas existentes em Indaiatuba mantém pelo menos um site ou um instagram/facebook para chegar aos clientes
Foto: Arquivo Pessoal

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

Você compraria um carro a partir de fotos publicadas na internet? Se a resposta foi não, é melhor rever os seus conceitos, porque é por aí que as revendas de veículos seminovos e usados estão procurando vender após a crise gerada pela pandemia.

A maioria das cerca de 80 revendas existentes em Indaiatuba mantém pelo menos um site ou um Instagram/Facebook para chegar aos clientes mesmo com o isolamento social.

“Claro que ainda é uma novidade para nós, mas já investíamos antes da crise e continuamos durante os momentos mais difíceis”, disse Admar Martini Júnior, sócio-proprietário da Martini Veículos, uma das maiores da cidade.

Embora prefira a negociação frente a frente, o empresário entende que não dá para fugir do novo mercado que se abre. E não dá mesmo.

Pesquisa da OLX no final de 2020 revelou que as vendas pela internet tinham aumentado 20% no primeiro ano da pandemia.

Mentalidade Nova

O empresário Cauê Verrillo Lopes, da Lopes Automóveis, vê as vendas pela internet não só como uma adaptação aos novos tempos, mas como uma questão de mentalidade nova.

“Desde o começo da loja, nós sempre tivemos as vendas pela internet como um objetivo a ser perseguido e fomos montando as estruturas para isto, como o Facebook e o Instagram”.

Com a chegada da pandemia, a migração do processo de venda foi uma coisa natural para ele, que se diz orgulhoso hoje de ter 70% das suas vendas realizadas de forma online.

Para isso, o empresário investe cerca de R$ 5 mil por mês para criar conteúdo, manter relacionamentos e estabelecer feedback.

Com mais de 40 mil seguidores nas duas redes, a Lopes Automóveis vende um carro por dia e tudo começa com um contato do comprador interessado em uma foto. Mas o segmento exige inovações constantes.

Por isto, ele criou vídeos de venda, onde mostra o carro em detalhes como uma produção para cinema, e também criou o delivery, no qual leva o veículo à casa do cliente para um test drive. Mas toda a documentação é apresentada e avaliada online.

“O relacionamento pelas redes sociais é tão grande que parece que os clientes são velhos conhecidos nossos e já nos chamam pelo nome quando vêm à loja”, afirma o empresário.

Inspiração

Para quem ainda não chegou a um nível tão avançado como o Lopes Veículos, a T-Car Imports, de São Paulo, é uma inspiração de como conquistar o cliente pela internet.

A loja montada no Tatuapé tem uma apresentação luxuosa na rede. A começar por um tour em 360 graus, que permite ao internauta conhecer cada espaço do lugar. Tudo é muito rápido e muito prático.

Basta preencher uma ficha cadastral e mostrar o interesse em um determinado carro ou segmento. Em seguida, o cliente é convidado a tirar dúvidas, a discutir preço e condições e a experimentar o objeto do desejo.

Galeria de mídia

  • A maioria das cerca de 80 revendas existentes em Indaiatuba mantém pelo menos um site ou um instagram/facebook para chegar aos clientes

    A maioria das cerca de 80 revendas existentes em Indaiatuba mantém pelo menos um site ou um instagram/facebook para chegar aos clientes
    Foto: Arquivo Pessoal



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE