23 de Jan de 2022
Central de Relacionamento

Kaio Mascarenhas é cofundador do projeto ‘Recreio Clubber’

Ele já desenvolveu estilo próprio de foto, e hoje se dedica ao seu projeto como DJ

 Publicado em  03/12/2021 às 13h39  atualizado em 03/12/2021 às 17h47 - Indaiatuba  Cultura e lazer


O fotógrafo e DJ Kaio Mascarenhas com um pouco de sua trajetória

O fotógrafo e DJ Kaio Mascarenhas com um pouco de sua trajetória
Foto: arquivo pessoal

Bárbara Garcia
rmc@maisexpressao.com.br

Kaio Ygor Mascarenhas tem 27 anos, e diz que se sente ligado às Artes desde pequeno. “Meu pai já desenhava, e eu adorava ver o trabalho de um primo, que fazia desenhos animados para sites”, conta.

Por admirar muito, com 14 anos ele fez curso de Web-Designer e foi trabalhar com o primo. Na mesma época, fez aulas de balé até os 18 anos. “Acho que essa experiência como bailarino me trouxe conhecimento sobre as luzes dos espetáculos”.  Desde então, ele ficou mais ligado à iluminação e fotografia, do que propriamente com a dança.

Trabalhou por um tempo em um estúdio de publicidade, com edições de fotos, vídeos, e até textos de propaganda. Porém, sentia que estava colocando sua energia criativa em algo com o qual não se identificava: “eu não queria ficar estimulando o consumismo, então, saí do estúdio, comprei meu primeiro kit de fotografia, e comecei a tirar fotos em festas de Campinas e região”, relembra.

Em 2019, começou a frequentar festas de música eletrônica e clubs, e passou a ser visto pelos produtores e donos dos locais. Considera seu trabalho com a fotografia profissional mais expressivo que suas outras vivências no meu artístico. Atualmente fotografa festas noturnas, shows e espetáculos.

 Foi em uma dessas festas que ele conheceu a amiga Angélica Letícia, exatamente quando ambos estavam precisando de ajuda para entregar um resultado melhor. Ela precisava de equipamentos de luz, e ele de alguém que o ajudasse a posicioná-los. A parceria dura até hoje.

Em uma dessas festas, eles estavam no fumódromo do bar, conversando com várias pessoas, e Kaio teve uma percepção: “Me veio a ideia de que aquilo parecia um recreio. Só que com crianças adultas e malucas, se divertindo”, conta em tom bem-humorado. Dessa vivência surgiu o projeto de criação de conteúdo “RECREIO Clubber”, que reúne artistas de vários locais para produzir vídeos, textos, podcasts de música e outras artes ligadas ao universo Clubber.

 Foi nessa época também que ele teve aulas com a professora Ella de Vuono, professora da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica) e fundadora da gravadora Diversall Music.

Depois dessas aulas de música, ele passou a desenvolver um projeto próprio como DJ, o “KKKK.AIO”. O estilo de música que prefere trabalhar são misturas dos ritmos da periferia, como rap e funk, com música eletrônica.  Sempre que pode, em suas pesquisas musicais, procura artistas que estejam à margem do padrão: negros, latinos, LGBT+, asiáticos, entre outros grupos.

Se gostou do trabalho do Kaio e quer acompanhar mais de perto, é só procurar no Instagram como @lokomocao.  

Galeria de mídia

  • O fotógrafo e DJ Kaio Mascarenhas com um pouco de sua trajetória

    O fotógrafo e DJ Kaio Mascarenhas com um pouco de sua trajetória
    Foto: arquivo pessoal



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE