Jornal Mais Expressão - Indaiatuba
Jornal Mais Expressão. Conteúdo gratuito e de qualidade!
Central de Relacionamento

Febraban dá dicas de como evitar cair em golpes bancários

A intenção é evitar prejuízo com falsários que abordam o consumidor pelo telefone

 Publicado em  25/01/2024 às 11h04  Indaiatuba  Economia


Ao receber ligações suspeitas, a Febraban aconselha os clientes a desligarem

Ao receber ligações suspeitas, a Febraban aconselha os clientes a desligarem
Foto: Divulgação

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) reitera o compromisso com a conscientização da população e a disseminação de informações por meio de campanhas de marketing veiculadas em TVs, rádios e redes sociais.

A entidade orienta as vítimas de golpes a agirem rapidamente, notificando imediatamente o banco para adoção de medidas adicionais de segurança, como o bloqueio do aplicativo e senha de acesso. Além disso, recomenda a realização de um boletim de ocorrência.

Ao receber ligações suspeitas, a Febraban aconselha os clientes a desligarem, anotarem o número de telefone do cartão bancário e ligarem de outro telefone para esclarecimento. A entidade enfatiza a importância de desconfiar de promessas exageradas e de nunca efetuar depósitos para garantir negócios. Caso receba propostas vantajosas, a recomendação é solicitar a proposta por escrito e verificar sua correspondência com as promessas verbais, buscando confirmação junto à instituição financeira.

A Febraban destaca alguns golpes em evidência, fornecendo orientações para evitar cair em armadilhas:

 

Golpe do falso funcionário

Os fraudadores se passam por funcionários do banco, alegando invasões em contas e solicitando dados pessoais e financeiros. Recomenda-se desconfiar, desligar e contatar a instituição pelos canais oficiais.

 

Golpe do 0800

Mensagens SMS informam sobre transações suspeitas, indicando um número 0800 falso para esclarecimentos. Ao ligar, os golpistas pedem transações para resolver problemas fictícios ou solicitam dados pessoais. A Febraban alerta para não ligar para números recebidos por SMS e recomenda contatar os canais oficiais do banco em caso de dúvidas.

Essas orientações visam fortalecer a segurança dos clientes e prevenir fraudes, ressaltando a importância da vigilância e da confirmação por meio de canais seguros ao lidar com situações suspeitas.

 

Golpe do Acesso Remoto 

Conhecido como Golpe da Mão Fantasma, esse golpe envolve o fraudador se passando por um falso funcionário de banco. O criminoso, utilizando diversas abordagens, alega a necessidade de solucionar um suposto problema na conta do cliente e propõe o envio de um link para a instalação de um aplicativo. Outra tática inclui o envio de SMS, e-mails falsos ou links em aplicativos de mensagens, induzindo o usuário a clicar em links suspeitos que instalam malwares. 

O banco nunca solicita que o cliente instale aplicativos em seu celular para resolver problemas na conta. Desconfie de qualquer abordagem desse tipo e entre em contato com a instituição financeira por meio de canais oficiais para confirmar a veracidade da situação.

 

Golpe do Falso Brinde ou Presente de Aniversário

Em datas comemorativas, os clientes devem estar atentos ao golpe do falso brinde ou presente de aniversário. Após obter dados pessoais, quadrilhas entram em contato com a vítima oferecendo um brinde ou presente e insistem para que a pessoa receba pessoalmente. Posteriormente, os criminosos alegam ser prestadores de serviços e solicitam o pagamento de uma taxa. O entregador pode apresentar uma maquininha com o visor danificado, dificultando a visualização do preço, aplicando assim o golpe da maquininha e, em alguns casos, o da troca de cartão.

Evite fornecer dados pessoais em links de promoções online. Desconfie de presentes inesperados e recuse entregas de desconhecidos. Ao efetuar pagamentos, passe você mesmo o cartão na maquininha, confira o valor antes de digitar a senha e proteja o código de segurança.

 

Golpe de Engenharia Social com WhatsApp

Esse golpe envolve o uso do WhatsApp para enganar a vítima. Os criminosos se passam por conhecidos da vítima, solicitando informações sensíveis, como códigos de verificação ou dados bancários. Podem também se passar por instituições financeiras, induzindo a vítima a fornecer informações confidenciais. 

Verifique cuidadosamente as mensagens recebidas no WhatsApp. Não compartilhe códigos de verificação ou dados bancários por meio do aplicativo sem verificar a autenticidade do solicitante. Caso haja dúvidas, entre em contato diretamente com a pessoa ou instituição por meio de canais conhecidos e confiáveis.

Galeria de mídia desta notícia

  • Ao receber ligações suspeitas, a Febraban aconselha os clientes a desligarem

    Ao receber ligações suspeitas, a Febraban aconselha os clientes a desligarem
    Foto: Divulgação

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2022.

COMPARTILHAR ESSE ITEM