23 de Jan de 2022
Central de Relacionamento

Confira algumas dicas de livros para ler durante as férias

Para aproveitar os dias de descanso, coloque as leituras em dia

 Publicado em  25/12/2021 às 10h54  Brasil  Cultura e lazer


Férias é o período ideal para por a leitura em dia

Férias é o período ideal para por a leitura em dia
Foto: Divulgação

Bárbara Garcia
maisexpressao@maisexpressao.com.br

No fim de ano a maioria das empresas entram em férias coletivas. E para aqueles que preferem passar as férias em casa, confira algumas dicas de livros.

O livro “A elegância do Ouriço”, de Muriel Burbery, é um romance filosófico aclamado em vários países e tem como cenário um prédio de classe alta em Paris, onde duas personagens com personalidades bastante peculiares alternam suas vozes ao narrar seu cotidiano. Paloma, uma garota de 12 anos, filha de pai político rico e mãe dondoca, tem inteligência acima da média dos adolescentes de sua idade. Por não encontrar mais sentido na vida de alto luxo e vazia em que vive, resolve escrever dois diários. De outro lado, temos Renné, uma mulher com quase 60 anos, pobre e que não teve acesso às escolas, mas que nutre um secreto interesse por Literatura e Cinema clássicos.  Juntas elas desafiam os estereótipos da vida, e refletem sobre questões que deveriam fazer parte do amadurecimento de todo ser humano: vida e morte, empatia, desigualdades sociais, o significado da arte, dos pequenos prazeres da vida e principalmente o valor inestimável de uma grande amizade.

“21 lições para o século 21”, de Yuval Noah Harari, trata com intensidade as inúmeras revoluções – não somente tecnológicas, mas principalmente relacionadas aos sentimentos e comportamentos humanos – que o século 21 têm trazido nos últimos anos. São inúmeras questões importantes como: se as máquinas e robôs chegarem a fazer mais de 80% do trabalho humano, como a economia se sustentaria? Como construir relações afetivas, humanas e até sexuais em um mundo onde a vida online e nossa presença nas redes sociais muitas vezes é até mais expressiva do que na nossa vida real, de carne e osso? Quando grandes corporações de mídia como Facebook e Instagram concentram mais dados e informações sobre nós do que a gente possa imaginar, como ficam nossos valores éticos diante de tudo isso? Esses e outros assuntos interessantíssimos, contados por um historiador com grande talento para a escrita. Tudo isso em um livro envolvente, fácil de compreender e indispensável nos dias de hoje, esse “tal” de “Século 21”.

O livro “Sobre limão e linhas tortas”, de Bárbara Garcia, conta a trajetória de pessoas com deficiência no jornalismo profissional. É uma coletânea com 10 depoimentos, todos eles de jornalistas com algum tipo de deficiência, seja visual, auditiva, motora e até mesmo intelectual, já que a primeira repórter com Síndrome de Down do mundo, Fernanda Honorato, que há mais 15 anos atua como repórter televisiva, também contou sua história. O intuito maior do livro é mostrar como as limitações muitas vezes podem se tornar diferenciais, e como a convivência com o diferente é sempre enriquecedora.

Dez pessoas com histórias surpreendentes, entrevistados por uma jornalista que também possui uma deficiência leve, e que, portanto, estava em uma situação muito parecida com a dos entrevistados.

Galeria de mídia

  • Férias é o período ideal para por a leitura em dia

    Férias é o período ideal para por a leitura em dia
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE