21 de Janeiro de 2020
Central de Relacionamento

Universidade Positivo leva planejamento urbano de Curitiba para São Paulo

Pós-graduação em Direito à Cidade e Gestão Urbana se inicia em março; Segundo ONU, gerir grandes cidades será desafio mundial das próximas décadas

 Publicado em  25/01/2015 às 19h45  Curitiba  Cidades


O mundo enfrenta uma onda massiva de urbanização, de acordo com o relatório "Perspectivas da Urbanização Mundial", produzido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Mais da metade da população mundial vive em cidades e, até 2050, outros 2,5 bilhões deverão se juntar a esse grupo, gerando demandas nas áreas de infraestrutura, emprego, saúde e educação. Com o objetivo de preparar profissionais para enfrentar esses desafios, a Universidade Positivo (UP) lançou em São Paulo a pós-graduação em Direito à Cidade e Gestão Urbana, levando referências e inovações da capital paranaense para a maior cidade do país.

"A discussão sobre as cidades e sua gestão é algo extremamente contemporâneo. Nada melhor do que debater sobre o tema na cidade em que tudo acontece no Brasil. Além disso, há alguns anos esse curso acontece em Curitiba, trazendo para a sala de aula importantes questões de planejamento, enriquecidas pela experiência da Ambiens Sociedade Cooperativa (organização que atua com planejamento urbano, entre outros temas)", explica o coordenador-geral da pós-graduação da UP, Leandro Henrique de Souza. As aulas serão ministradas a partir de março, na Avenida Paulista, em São Paulo.

O curso é voltado a gestores públicos, juristas, urbanistas, engenheiros, economistas, assistentes sociais, geógrafos, cientistas sociais e gestores ambientais, entre outros interessados. Na avaliação da ONU, grande parte do crescimento populacional se dará nas cidades e megalópoles com mais de 10 milhões de habitantes em países da Ásia, África e América Latina. Por esse motivo, o setor de gestão urbana se apresenta como um dos grandes desafios do futuro. "Discussões contemporâneas sobre cenário urbano, mobilidade, uso e ocupação do solo, planejamento e logística que segue legislação do estatuto das cidades são alguns dos temas abordados em sala de aula", detalha a professora Daniele Pontes, que faz parte do corpo docente do curso.

A especialização pretende proporcionar diversos momentos de discussão capazes de fomentar a apropriação de temas como processo participativo, movimentos sociais, gestão democrática e políticas públicas - fundamentais no planejamento contemporâneo. "A pós é bastante crítica e atual, a partir das novas possibilidades que surgem na área. O curso segue um direcionamento pioneiro em São Paulo", conta Daniele.
 

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá