18 de Julho de 2019
Central de Relacionamento

Secretaria de Segurança é destaque em três pesquisas em 2018

Inteligência, integração, tecnologia e treinamento são fatores determinantes para os resultados positivos

 Publicado em  06/12/2018 às 17h29  Indaiatuba  Cidades


Foto: Eliandro Figueira/RIC

A Secretaria de Segurança Pública da Prefeitura de Indaiatuba se destacou em três pesquisas em 2018. Pelo Indsat (Indicadores de Satisfação de Serviços Públicos), o município alcançou o primeiro lugar na RMC (Região Metropolitana de Campinas). Segundo o Instituto Sou da Paz, no quesito ‘Satisfação em Segurança Pública’ ficou entre as 10 cidades menos violentas do Estado de São Paulo. Já no Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) junto com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Indaiatuba está entre as 10 cidades do país com menos violência.

Em março Indaiatuba alcançou o topo do ranking na RMC (Região Metropolitana de Campinas) no quesito ‘Satisfação em Segurança Pública’. A análise é de autoria da Indsat (Indicadores de Satisfação de Serviços Públicos). A cidade conquistou 711 pontos e 61% de aprovação e foi a única que recebeu mais de 700 pontos, com um crescimento de 33 pontos.

No mês de maio a segurança pública de Indaiatuba mais uma foi destaque. A cidade ficou entre as 10 menos violentas do Estado de São Paulo. O Ranking de Exposição a Crimes Violentos das cidades do Estado de São Paulo foi desenvolvido pelo Instituto Sou da Paz, em parceria com o Estadão e considera crimes letais, sexuais e contra o patrimônio e permite a comparação da vulnerabilidade da população a esses crimes – tanto entre municípios quanto ao longo dos anos. O município ficou com o índice de 11,2 e classificou na 9º posição no Estado de São Paulo. Entre as cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), Indaiatuba ficou em 2º lugar.

Já no mês de junho Indaiatuba novamente ficou em evidência e conquistou o marco de estar entre as 10 cidades do país com menos violência. A pesquisa analisa 309 municípios com população superior a 100 mil habitantes, a base de dados é do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS). A mostra apresenta índices de pobreza, trabalho, gravidez na adolescência e vulnerabilidade juvenil, com informações baseados no Censo Demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O Atlas da Violência 2018 foi feito pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) junto com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o relatório Indaiatuba ficou em 9º lugar entre os municípios com mais de 100 mil habitantes que possuem as menores taxas de violência. Considerando a RMC a cidade ficou em 1º lugar.

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Guedes, comemora o resultado do balaço de 2018. “A segurança de Indaiatuba está baseada em quatro pilares: inteligência, integração, tecnologia e treinamento. A soma desses fatores faz com que tenhamos resultados positivos ano a ano. Mas a excelência no serviço vai muito além disso. Os bons índices conquistados por Indaiatuba têm como diferencial a visão de nosso prefeito Nilson Gaspar, que se preocupa em proporcionar qualidade de vida para todas as pessoas que moram na cidade e para isso o investimento em segurança é essencial. Outro diferencial da gestão é o trabalho em conjunto das Pastas. É importante ter educação, saúde, emprego e trabalhos sociais, pois tudo isso reflete na segurança e ajuda muito, proporcionando a infraestrutura adequada para a uma boa qualidade de vida”.

“Para 2019 iremos chamar e treinar a 16º Turma da Guarda Civil de Indaiatuba, que contará com 30 participantes. Vamos trabalhar politicamente com o apoio do prefeito Nilson Gaspar e o deputado estadual Rogério Nogueira, para pleitear ao Estado a vinda de novos integrantes da Policia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. No início do ano já temos uma reunião agendada com o novo secretário de segurança do Estado. Estamos bem confiantes com a melhoria das condições da polícia estadual nesse novo governo”, finaliza Guedes

Novas viaturas, Armamento e Proteção

Devido o destaque que Indaiatuba tem nas questões que envolvem infraestrutura e serviços disponibilizados pela Segurança Pública, somado aos bons relacionamentos do município, o Ministério da Justiça e Agemcamp fizeram repasses de verbas que auxiliaram na aquisição de bens para a atuação da Guarda Civil.

Em 2018 a Secretaria de Segurança adquiriu 25 viaturas novas, sendo que 22 são para o patrulhamento efetivo. Também foi comprado rádios transmissores, fardamento e equipamentos operacionais, como: cinturão, lanternas, coletes de proteção balística, armas, equipamentos para o controle de distúrbios civis, e armamento para treinamento.

Aquisições:10 Duster; 9 motos; 2 vans; 1 S-10 para o canil; 1 viatura para a Defesa Civil; 1 Guindaste Articulado; 1 viatura para o Resgate (ainda será entregue, está sendo adaptada); 1 viatura para a Polícia Civil; 30 pistolas calibre 380; 8 espingardas pump calibre 12; 2 armas de eletrochoque; 8 armas de airsoft para treinamento; equipamentos de controle de distúrbio civil (CDC); 28 novos rádios transmissores; 20 sistemas de microfone e fones de ouvidos para capacetes, para as equipes da Romi (Rondas Ostensivas Motorizadas de Indaiatuba); 70 coletes balísticos e fardamento.

 

Mais Guardas

Em 2018 a Guarda Civil abriu Concurso Público para o preenchimento de 30 novas vagas. Atualmente a Corporação conta com 263 guardas.

 

Reforma da sede da Guarda

A ampliação inclui a construção de banheiros e vestiários masculinos, construção de guarita; pintura de faixa de estacionamento e instalação de portão eletrônico. A área ampliada é de aproximadamente 140m². Também será feita a reforma geral do prédio de apoio existente que inclui estacionamento, área de convívio, vestiários femininos, academia, refeitório, área de lazer e banheiros. A área de reforma abrangerá 577,92m². A obra receberá investimentos no valor de R$ 482.295,22 e o prazo para a conclusão dos serviços é para janeiro de 2019.

 

Apoio Jurídico

Indaiatuba é a primeira cidade do Estado de São Paulo que o Prefeito sancionou a lei que oferece assistência jurídica gratuita aos Guardas Civis que se envolvam em situações judiciais, quando estão exercendo suas funções no combate ao crime.

 

Monitoramentos

A Prefeitura possui um sistema de monitoramento com 1.214 câmeras. Sendo 950 câmeras cidadãs (câmeras particulares) e 264 móveis e fixas para o monitoramento urbano e veicular.

 

Vídeo monitoramento Campo Bonito

No bairro do Campo Bonito serão instaladas três câmeras domes, nove câmaras fixas e um ponto de monitoramento veicular. Em execução para entrega em dezembro.

 

Novos pontos de monitoramento

No decorrer do ano, 15 novos pontos de monitoramento foram instalados em locais estratégicos da cidade. Em execução para entrega em dezembro.

 

COI

O COI (Centro de Operações e Inteligência) possui ferramentas digitais e equipamentos de última geração para monitoramento e fiscalização, como Câmeras Dome, que giram 360 graus e possuem zoom de grande alcance que acompanham situações suspeitas e orientam as ações da Guarda Civil.

Diariamente o sistema do COI registra a passagem de mais de 530 mil veículos pela cidade e tem mais de 405 milhões de passagens registradas. Em 2018 o COI recebeu a visita de 25 cidades, para conhecer a tecnologia empregada na Segurança de Indaiatuba.

 

Upgrade

Em 2018 o COI realizou o upgrade de todos os pontos de monitoramento da cidade. A ação permitiu que os pontos operem no modo digital, garantindo mais rapidez na transmissão de dados e uma melhor qualidade de imagens. Foram investidos R$769.780,00 em tecnologia e manutenção de todo o sistema do COI.

 

DIN

Todas as informações e imagens processadas pelos sistemas de monitoramento urbano e veicular do município são analisadas diariamente pela Divisão de Inteligência. A equipe promove os primeiros levantamentos e encaminha relatórios para a Polícia Militar e para o setor de investigação da Polícia Civil.

Através da Divisão de Inteligência da Guarda Civil, em 2018 foi possíveil a assinatura de vários convênios e a formação de grandes parcerias, que auxiliaram ainda mais na prevenção da criminalidade.

 

Crim

A Central Regional de Inteligência e Monitoramento foi criada em Indaiatuba, no ano de 2012 e possibilita a integração de informações em tempo real entre as Guardas Civis e o monitoramento de veículos suspeitos entre as 22 cidades parceiras. Diariamente a Crim registra mais de 2,5 milhões de passagens veiculares.

Em 2018 as cidades de Americana, Itu e Caieiras passaram a integrar a Crim e a 37ª Reunião da Crim será realizada em dezembro de 2018, na cidade de Indaiatuba.

 

Garra
Em 2018 a Guarda Civil de Indaiatuba passou a integrar um comitê de inteligência criado pelo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos da Polícia Civil). Setores da inteligência de vários órgãos públicos e privados fazem parte do comitê, que tem o objetivo da troca de informações para a prevenção de crimes.


Polícia Rodoviária Federal

O ano de 2018 também foi marcado como o primeiro ano de funcionamento efetivo do convenio com a Polícia Rodoviária Federal.

A Guarda Civil disponibiliza os registros de todas as passagens de veículos na cidade de Indaiatuba, e em contra partida, a Polícia Federal disponibiliza informações sobre os carros que passam por Indaiatuba.

Essa troca de informações possibilita a redução de tempo na procura por um veículo suspeito na cidade.

As informações disponibilizadas pela PRF possibilitaram a atuação de Guarda Civil em vários casos, como a prisão de uma quadrilha de furto e roubo de residências e o apoio na Operação Nepsis, deflagrada pela PRF em Setembro desse ano.

 

Novos Computadores

Foram adquiridos seis novos computadores para a Guarda Civil.

 

Ocorrências

A Guarda Civil de Indaiatuba contabilizou até outubro os números de ocorrências e 331 pessoas foram presas em flagrante; 17 menores de 18 anos apreendidos em flagrante; mais de 240 quilos ou 25.396 porções de drogas apreendidas; sete pichadores detidos e 13 armas apreendidas.

 

Operações de Policiamento

A Guarda Civil realizou este ano mais de cinco mil operações de policiamento específicas, como: apoio a operações da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, policiamento preventivo, ordem de serviço para eventos, blitz entre outras.

 

Atendimento 153

O Coade (Centro de Operações, Atendimento e Despacho) recepciona todas as ligações da população e providencia o despacho para as viaturas, que atendem as ocorrências. Os operadores possuem treinamento especial e estão aptos para o pronto atendimento e primeiras orientações. O contato com a Guarda Civil pode ser feito por meio do telefone 153. Até outubro de 2018 foram registradas 94.293 chamadas.

 

Convênio com as cidades vizinhas

O convênio firmado em 2018 entre as seis cidades que fazem fronteiras com Indaiatuba, permite que as viaturas e os 1.300 Guardas Civis patrulhem as áreas de interesse entre os municípios. Com isso ações entre as cidades poderão ser elaboradas com o objetivo de diminuir o índice de criminalidade nas divisas.

 

Apoio na Operação Curimbatá LL do Exército Brasileiro

Pela terceira vez e segundo ano consecutivo, a Secretaria de Segurança Pública de Indaiatuba deu apoio Operacional em quase todos os treinamentos e ações realizadas pela 11ª Bda Inf L, que executou um exercício de adestramento no município a fim de permitir a capacitação e a avaliação de frações de sua tropa.

A 11ª Brigada de Infantaria Leve (11ª Bda Inf L), sediada em Campinas, é uma das Forças de Atuação Estratégica do Exército Brasileiro, vocacionada para o emprego em missões constitucionais de diferentes naturezas. Para tanto, a preparação constante e a prontidão permanente são fundamentais para o cumprimento de tais atribuições.

Concluindo a ação foi feito um Ação Cívico e Social (Aciso) promovida pelo Exército Brasileiro com diversas atividades, tais como: exposição de material de emprego militar, exposição e passeio de viaturas, palestras sobre o ingresso nas Forças Armadas, apresentações da banda de música militar, orientação sobre saúde física e bucal em ação conjunta com a Secretaria de Saúde e um desfile com os carros oficiais e tropas do exército.

 

CANIL

O Canil da Guarda Civil conta com 6 Cães, cuja a principal função é combater o tráfico de drogas. Em 2018 dois cães, Red e Thor, foram aposentados. No lugar deles o canil recebeu os cães Lilo e Bolt. Lilo é um Golden Retriver, filho do cão Thor, e será o novo DogShow da Guarda Civil. Bolt é um Pastor Belga Malinois e será treinado para proteção e faro.

 

Defesa Civil

A Defesa Civil do município é acionada por meio do 153 da Guarda Civil e atua diante de situações de desastres naturais. O setor apoia a população em ações emergenciais e para isso conta com apoio de um Plano de Chamada.

Em 2018 foram feitos 65 combates a incêndios, juntamente com o corpo de bombeiros e 36 retiradas de árvores das vias públicas depois das tempestades ou arvores com risco de queda. Também foram feitas Capturas e reinserção de 25 animais ao habitat natural.

A Defesa Civil também realiza palestras em escolas, instituições e empresas, principalmente para conscientizar contra o uso do cerol e da linha chilena, além de cuidados com tempos secos e de enchentes.

As principais ações foram: Operação Férias, que fiscaliza e conscientiza o do uso do cerol.  Operação Verão; Operação Estiagem e Meteorologia Unesp. Além da inserção diária do Boletim e índices de umidade, velocidade do vento, pluviometria e U.V. e alertas meteorológicos quando necessário.

 

Galeria de mídia


  • Foto: Eliandro Figueira/RIC



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá