07 de Mar de 2021
Central de Relacionamento

Retorno das aulas na rede municipal segue sem data definida

Cidade realizou, na semana passada, inquérito sorológico com 3 mil profissionais da Educação

 Publicado em  26/01/2021 às 10h54  Indaiatuba  Educação


Aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia, em março de 2020

Aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia, em março de 2020
Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI

Jean Martins
digital@maisexpressao.com.br

O retorno das aulas na rede municipal de ensino em Indaiatuba, suspensas desde 23 de março de 2020, por conta da pandemia, ainda é incerto. A previsão é que ocorra em fevereiro, mas ainda não tem data definida. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, atualmente a pasta está finalizando o projeto da volta das atividades e, assim que concretizado, será divulgada por meio de uma live nas redes sociais da Prefeitura.

Questionada, a pasta não soube informar se as aulas presenciais serão obrigatórias, bem como será a dinâmica de atividades on-line e presencial.

Na semana passada, o município realizou testes rápidos que detectam anticorpos IgM e IgG com profissionais da Educação. Na ocasião, foram testados cerca de 3 mil servidores, entre professores e demais cargos da rede municipal de ensino.

A Secretaria da Educação foi questionada sobre os profissionais que testaram positivo para o novo coronavírus, mas preferiu não informar.

Durante a semana, o prefeito Nilson Gaspar (MDB) gravou um vídeo nas redes socais, informando que solicitou ao Governo do Estado de São Paulo que os profissionais da rede municipal recebam a dose da vacina contra a Covid-19, já na primeira fase da campanha.

“Além de mensagens, também estou protocolando um ofício para que o Governo analise a inserção dos profissionais da Educação, garantindo o bem-estar e a segurança de todos”, salienta.

Estado

Na sexta-feira (22), durante a reclassificação do Plano São Paulo de combate a Covid-19, o governador João Dória (PSDB) adiou o retorno das aulas nas escolas estaduais para 8 de fevereiro. Inicialmente a previsão era para primeira semana de fevereiro.

Entretanto, a abertura das escolas depende de decisões de cada prefeitura. Além do adiamento, o governador também suspendeu a obrigatoriedade da presença de alunos em sala de aula, pelo enquanto o Estado de São Paulo estiver na fase laranja e vermelha, as mais restritivas do Plano São Paulo.

Apesar do adiamento, as escolas estaduais estarão abertas a partir de 1º de fevereiro para atender alunos mais vulneráveis. A retomada presencial deve ocorrer com rodízio de alunos e limite de 35% de ocupação nas escolas.

Galeria de mídia

  • Aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia, em março de 2020

    Aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia, em março de 2020
    Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE