02 de Jul de 2022
Central de Relacionamento

Principais líderes de dois grupos políticos de Indaiatuba sinalizam pré-candidaturas

Presidente da Câmara, Pepo Lepinsk, deve concorrer a federal e o vereador mais bem votado, Ricardo França, a estadual

 Publicado em  01/10/2021 às 14h00  Indaiatuba  Política


Na sua gestão, Pepo levou à Câmara de Indaiatuba a ser a segunda mais econômica do Estado entre as cidades de até 300 mil habitantes

Na sua gestão, Pepo levou à Câmara de Indaiatuba a ser a segunda mais econômica do Estado entre as cidades de até 300 mil habitantes
Foto: Divulgação

Eloy de Oliveira
maisexpressao@maisexpressao.com.br

Lideranças mais expressivas dos dois maiores grupos políticos de Indaiatuba, o presidente da Câmara de Vereadores, Pepo Lepinsk (MDB), e o vereador mais bem votado em 2020, Ricardo França (Podemos), sinalizaram esta semana suas pré-candidaturas para o pleito do próximo ano.

Representando o grupo do deputado estadual Rogério Nogueira (DEM), Pepo deverá concorrer a vaga na Câmara Federal, onde a cidade não tem representantes atualmente e reportagem recente do Mais Expressão mostrou ser uma carência que afeta o envio de verbas ao município.

Já o vereador Ricardo França, oriundo do grupo político do também deputado estadual Bruno Ganem (Podemos), pretende concorrer a deputado estadual, já que o colega de partido deverá tentar vaga na Câmara Federal e ambos devem fazer dobradinha, assim como Pepo e Rogério.

Definições

O presidente da Câmara já havia anunciado seu interesse em concorrer à vaga em entrevista ao Gente de Expressão, em julho deste ano, mas informou que aguardaria uma definição do grupo político, pois havia outro pretendente e ele queria a indicação de um candidato só do grupo.

A escolha oficial deverá ocorrer perto da convenção do MDB, ainda sem data marcada. No entanto, no grupo político, o presidente Pepo vem ganhando destaque por sua atuação à frente do Legislativo. E também como representante da região no Parlamento Metropolitano da RMC.

Na sua gestão, Pepo levou à Câmara de Indaiatuba a ser a segunda mais econômica do Estado entre as cidades de até 300 mil habitantes, em pesquisa do Tribunal de Contas do Estado, e como representante do Parlamento tem levado as reivindicações de anos de prefeitos aos órgãos competentes.

Ele teve atuação relevante ainda como secretário de Habitação do município na gestão passada do prefeito Nilson Gaspar, viabilizando boa parte do plano de trabalho do governo na área e em razão disso teve sua candidatura colocada em 2020, elegendo-se e se tornando presidente.

Natural

Também em entrevista ao Gente de Expressão, mas esta semana, o vereador Ricardo França disse que a sua candidatura é uma tendência natural, uma vez que o partido precisa de nomes com condição boa de voto para melhorar a sua performance e representatividade no cenário político.

Ele afirmou que não pensa na candidatura como seu objetivo maior agora. “Tenho um mandato de vereador, que é importante para a cidade, e estou focado em fazer o melhor trabalho possível”. Mesmo assim, segundo ele, a candidatura corre em paralelo e terá seu momento mais à frente.

Ricardo França cumpre seu segundo mandato e um dos dois vereadores de oposição ao governo. Ele começou a trajetória política como assessor do hoje deputado Bruno Ganem. Depois candidatou-se e se elegeu com 5.185 votos. Em 2020, cresceu mais de 40%: 7.321 votos.

 


 

Galeria de mídia

  • Na sua gestão, Pepo levou à Câmara de Indaiatuba a ser a segunda mais econômica do Estado entre as cidades de até 300 mil habitantes

    Na sua gestão, Pepo levou à Câmara de Indaiatuba a ser a segunda mais econômica do Estado entre as cidades de até 300 mil habitantes
    Foto: Divulgação

  • Ricardo França foi o vereador mais bem votando, em 2020, com 7.321 votos

    Ricardo França foi o vereador mais bem votando, em 2020, com 7.321 votos
    Foto: Divulgação



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE