27 de Outubro de 2020
Central de Relacionamento

Personal fala da importância de praticar atividade física

Paulo Streckert participou do programa Mais Saúde, no Facebook do Mais Expressão

 Publicado em  25/09/2020 às 23h37  Indaiatuba  Saúde, beleza e bem estar


Durante o programa, Paulo Streckert compartilhou sua trajetória na atividade física

Durante o programa, Paulo Streckert compartilhou sua trajetória na atividade física
Foto: Arquivo pessoal

Da redação 

O programa Mais Saúde do dia 16 de setembro recebeu Paulo Streckert, personal trainer e proprietário da Maromba Academia. Em entrevista ao dr.Eduardo Santos, o especialista compartilhou sua trajetória na atividade física.

“Adotamos um procedimento virtual desde o início da pandemia. Há cerca de um mês retornamos às atividades normais, sempre dentro dos protocolos sanitários”, comentou. “Quando você está na linha de frente tem de dar o exemplo, e assim arrastamos a galera.”

Segundo o treinador, muitas pessoas aproveitaram o período da quarentena para transformar suas vidas. “Buscamos cuidar de todos, com grades diárias para clientes que ainda treinam em casa, para os quais continuamos prestando assessoria on-line. Já na luta é um pouco mais difícil, principalmente no caso do jiu-jitsu, que é uma luta corpo a corpo e não dá para treinar sozinho”, explicou Paulo.

Em relação à questão sobre o tempo diário de atividade física, o treinador respondeu que isso irá depender da qualidade do treino. “Muita gente confunde tempo com qualidade, e hoje em dia uma pessoa consegue um “shape” legal com até 20 minutos de treino diário. Eu já tive clientes que nunca haviam treinado na vida e conseguiram perdas relevantes de peso. Qualquer tempo que você tenha para cuidar de você é o suficiente para manter uma saúde física e mental diária”, garantiu.

Um dos maiores obstáculos hoje é a falta de informação, segundo Paulo. “Hoje há uma infinidade de vídeos e aplicativos para quem treina em casa, mas, o treinador tem um olhar clínico, a experiência, que nenhum aplicativo vai te dar. O educador físico irá direcionar corretamente o volume, a intensidade, a constância, com qualidade de rendimento dez vezes maior”, destacou.

Sobre o levantamento de peso, Paulo lembrou que há protocolos para crianças, homens, mulheres, idosos. “Com essa atividade, você irá melhorar sua força, sua potência, a flexibilidade. É uma das atividades mais completas, e quando bem trabalhada, irá trazer muitos benefícios para pessoas de qualquer idade”, completou.

Paulo comentou ainda que hoje menos de 5% das pessoas fazem atividade física no Brasil. “Vemos muitas pessoas obesas, o que amplia o risco de processos inflamatórios. O isolamento piorou isso, tornando as pessoas mais sedentárias, o que as deixou mais suscetíveis não só ao coronavírs, mas outras. Se a pessoa pratica atividade física ela aumenta a imunidade e ela fica mais resistente a doenças”, considerou.

“Atualmente, vemos pessoas magras, porém, não conseguem nem fazer cinco abdominais, assim como há obesos que vão treinando mais devagar. A preocupação maior é a saúde. A falta de tempo para treinar já não é mais desculpa, porque há modalidades de treinos para todos”, salientou Paulo.

Para finalizar, o treinador disse que está planejando mais atividades para a academia. “Estamos ajustando as aulas e os interessados podem ir até lá na Maromba fazer uma aula de cada modalidade. Inclusive, os alunos mais ativos que eu tenho hoje são as pessoas acima dos 30 anos de idade.”

Clique AQUI e confira a entrevista completa! 

 

 

 

 

Galeria de mídia

  • Durante o programa, Paulo Streckert compartilhou sua trajetória na atividade física

    Durante o programa, Paulo Streckert compartilhou sua trajetória na atividade física
    Foto: Arquivo pessoal



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE