28 de Jan de 2021
Central de Relacionamento

Pedágio na SP-75 fica mais caro a partir de terça-feira

Reajuste anual está previsto em contrato e, por conta da pandemia, foi transferido de julho para dezembro

 Publicado em  25/11/2020 às 13h40  atualizado em 25/11/2020 às 23h32 - Indaiatuba  Cidades


Novo valor do pedágio começa a valer a partir da meia-noite de terça-feira

Novo valor do pedágio começa a valer a partir da meia-noite de terça-feira
Foto: Arquivo - AB Colinas

Jean Martins
digital@maisexpressao.com.br

A partir da próxima terça-feira, 1º de dezembro, o valor do pedágio na Santos Dumont (SP-75) e em outras rodovias paulistas estará mais caro. Na praça localizada em Indaiatuba o reajuste será de R$ 0,20, saindo dos atuais R$ 13,80 para R$ 14.  

O valor serve também para as praças localizadas no desvio do pedágio. Entretanto, em ambas não há cobrança para veículos com placas de Indaiatuba.

O valor do sistema ponto a ponto na Santos Dumont  também será reajustado, passando dos atuais R$ 2,50 para R$ 2,60. Enquanto que o pórticos do Aeroporto de Viracopos (KM 66+700), Campinas (KM60+650), Itu 2 (KM32+100) e Salto 1 (KM 33+150), não sofrerão alteração de tarifa.

O adiamento também contemplou as praças de pedágio da concessionária Entrevias, que teria atualização em 6 de julho, mas passa a valer também em 1º de dezembro.  

Conforme estabelecido em contrato com o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, este reajuste ocorre anualmente, sempre no dia 1º julho. Porém, devido à pandemia do novo coronavírus, o reajuste foi adiado e reprogramado para 1º de dezembro.  

A atualização da tarifa segue os critérios contratuais, com a correção de inflação pelo indicador econômico IPCA acumulado entre julho/2019 e junho/2020.  Os novos preços já foram publicados no Diário Oficial do Estado.

A tabela completa com as tarifas que passarão a vigorar pode ser conferidas AQUI!

De acordo com a AB Colinas, concessionária que administra a SP-75, a  Rodovia Santos Dumont está entre as 11 melhores rodovias de todo o país levando em consideração quesitos como o estado geral da rodovia, as condições do pavimento, a sinalização e a geometria da via. A avaliação foi feita durante a 23ª edição da Pesquisa Rodoviária da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), realizada em 2019.  

Essa qualificação, segundo a assessora de imprensa da AB Colinas, só é possível devido ao trabalho  realizado para garantir a qualidade de suas rodovias, como a SP-075 que, de acordo com o contrato de concessões firmado junto ao Governo do Estado de São Paulo, já recebeu todas as obras exigidas e passa por manutenção constante, visando oferecer aos usuários condições para realizar uma viagem segura e tranquila.

Investimentos 

Desde o início das concessões paulistas, a receita dos pedágios viabilizou mais de R$ 6,6 bilhões em investimentos em obras, manutenção e operação dos 11,2 mil quilômetros de rodovias paulistas sob concessão.

Entre os serviços prestados pelas concessionárias, já foram realizados mais 809,5 mil de atendimentos aos usuários entre socorro médico e mecânico nas rodovias paulistas.

Além disso, R$ 5,8 bilhões de repasse de ISSQN, imposto que incide sobre a tarifa de pedágio, foram repassados para prefeituras paulistas.

Essa verba pode ser utilizada pelas administrações municipais para investimentos nas cidades. O Programa de Concessão também garante  mais de 25 mil empregos por ano.  

 

Galeria de mídia

  • Novo valor do pedágio começa a valer a partir da meia-noite de terça-feira

    Novo valor do pedágio começa a valer a partir da meia-noite de terça-feira
    Foto: Arquivo - AB Colinas



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

13 MAR 2021, Clube 9 - Indaiatuba

COMPARTILHE