14 de Dezembro de 2019
Central de Relacionamento

Negócios registram alta de 19%

Foi o terceiro mês seguido de alta nas vendas de profissionais liberais, pequenas e médias empresas das regiões de Campinas, Jundiaí e Bragança

 Publicado em  11/11/2019 às 11h10  Brasil  Economia


Economia

Economia
Foto: Agência Brasil

A retomada da economia nacional, junto com a estabilidade do mercado e dados positivos - como aumento de produção, vendas e geração de empregos - começam a se refletir nos caixas dos profissionais liberais, micro e pequenas empresas das regiões de Campinas, Jundiaí e Bragança Paulista. De acordo com o Índice BNI Planalto Paulista, em outubro as vendas registraram uma alta de 19% ante o mês de setembro. Na comparação a outubro de 2018, também houve alta de 1,3%.

O Índice BNI Planalto Paulista é medido mensalmente junto aos 562 profissionais liberais e empresas associadas à entidade de diversos segmentos de negócios. Juntas, elas reportaram um volume de R$ 5.756 milhões em negócios fechados em outubro, contra R$ 4.834 milhões de setembro deste ano. No mesmo mês do ano passado, as vendas fechadas atingiram R$ 5.684 milhões.

O levantamento também aponta três meses consecutivos de alta nas vendas: setembro (5,87%), agosto (5,8%) e julho (44%). Nos três meses anteriores: junho, maio e abril (quando foi criado o Índice BNI Planalto Paulista) foram registradas quedas no faturamento destes segmentos.

Para Eduardo Santana, diretor do BNI regional Planalto Paulista, o mercado começa a dar sinais de retomada e de melhoria no ambiente de negócios, especialmente para profissionais liberais, micro e pequenas empresas, que representam 99% das empresas em atividade e por mais de 70% da economia brasileira. "Os números de outubro e dos dois meses anteriores mostram uma recuperação consistente para micro e pequenos empresários", destaca. "A expectativa é de que esta trajetória se mantenha daqui para frente", acrescenta.

Segundo Santana, a estabilidade do mercado, junto com recuperação de vendas tendem a criar um circulo virtuoso, trazendo melhorias de confiança dos empresários para voltar a investir e contratar funcionários no próximo ano. "Algumas empresas já começaram a contratar para atender ao aumento da demanda, mas uma recuperação maior só virá com crescimento constante dos negócios", completa o diretor regional do BNI.

O Índice BNI Planalto Paulista é um termômetro dos negócios, com base em dados oficiais de micro e pequenas empresas e profissionais liberais associadas aos 20 grupos de trabalhos da entidade.

O BNI conta atualmente com grupos de empresários em Campinas, Indaiatuba, Jundiaí, Americana e Atibaia, mas que têm empresas de cidades vizinhas. Outros grupos de negócios estão em fase de implantação nas cidades de Valinhos, Paulínia, Bragança, Campinas e Louveira.

 

Galeria de mídia

  • Economia

    Economia
    Foto: Agência Brasil



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá