21 de Março de 2019
Central de Relacionamento

Indaiatuba zera fila de espera por cirurgia de mama com projeto Empresa Solidária

As cirurgias são realizadas no Haoc


23/10/2018 às 15h17

Indaiatuba    Saúde

Pela primeira vez as cirurgias de mastectomia estão sendo feitas na cidade graças ao projeto

Pela primeira vez as cirurgias de mastectomia estão sendo feitas na cidade graças ao projeto - Foto: Alex Jegorow RIC/PMI


O mês de outubro é marcado pela campanha de conscientização ao câncer de mama ‘Outubro Rosa’ e esse ano o município pode comemorar mais um importante passo para o combate dessa doença. Pela primeira vez as cirurgias de mastectomia estão sendo feitas na cidade graças ao projeto ‘Empresa Solidária’ firmado com a Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Indaiatuba (Aesci), a SHDias Consultoria e Assessoria e o Instituto de Gestão de Cidades (Igecs).

As cirurgias são realizadas no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) pelo médico Dr. André Desuó Bueno, até o momento foram realizadas sete cirurgias de câncer e oito de nódulos benignos. A Secretaria de Saúde ainda encaminhou oito mulheres para o CAISM/Unicamp de alta complexidade. A fila de espera para essa cirurgia vai zerar em novembro. “Estamos felizes com essa parceria e saber que vamos atender todas as pacientes que esperam por essa cirurgia nos sentimos com o dever cumprido, recebemos recentemente mais quatro pacientes com esse diagnóstico e vamos operá-las ainda esse ano”, conta a secretária de Saúde, Graziela Garcia.

 

Câncer de Mama

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que para cada ano do biênio 2018/2019, sejam diagnosticados 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

O câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos. O câncer de mama é a maior causa de morte por câncer nas mulheres em todo o mundo e a segunda causa de morte por câncer nos países desenvolvidos, atrás somente do câncer de pulmão, e a maior causa de morte por câncer nos países em desenvolvimento.

Apesar de ser considerado um câncer de relativamente bom prognóstico, se diagnosticado e tratado oportunamente, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas no Brasil, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados.



Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar
Frutos de Indaiá

Conheça o maior evento de premiação de Indaiatuba.

Frutos de Indaiá