07 de Ago de 2022
Central de Relacionamento

AB Colinas divulga objetos à disposição para proprietários

Caso não haja retirada ou reclamação, os itens serão doados ou descartados

 Publicado em  02/06/2022 às 12h17  Itu  Serviços


A AB Colinas, concessionária do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, atendendo a sua política de achados e perdidos, divulga os objetos encontrados em suas rodovias que estão à disposição para retirada por seus proprietários.

Caso não haja retirada ou reclamação dos itens abaixo pelos proprietários em até 30 dias, eles serão doados, descartados ou então encaminhados à Polícia Militar Rodoviária ou destinados ao Correios. Os proprietários podem entrar em contato com a concessionária por meio do telefone 0800 703 5080 para receber as orientações necessárias sobre a retirada do item.

Objetos

- Uma chave residencial com um chaveiro no formato de um terço (SP-075 em Itu);

- Uma placa de um veículo placas LUK-6C41 (SP-075 em Indaiatuba);

Sobre a AB Colinas e o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo

A AB Colinas está entre as 20 concessionárias do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, que recuperam e conservam cerca de cinco mil quilômetros da malha viária paulista. A concessionária é responsável por 307 quilômetros de rodovias desde março de 2000.

Sobre a AB Concessões

A concessionária AB Colinas pertence à AB Concessões, que tem como controlador o Grupo italiano Atlantia. A AB Concessões, figura entre as principais companhias de concessão de rodovias do Brasil e administra mais de 1,5 mil quilômetros de rodovias, sendo responsável pelas concessionárias paulistas AB Triângulo do Sol e AB Colinas, e, no Estado de Minas Gerais, a AB Nascentes das Gerais.

Galeria de mídia

Não há fotos e vídeos disponíveis.



Comentários

*Leia o regulamento antes de comentar

Frutos de Indaiá

O Troféu Frutos de Indaiá tem o significado de sucesso e vitória. Uma premiação pelo esforço contínuo e coletivo em direção à excelência.

Confira como foi o Frutos de Indaiá 2021.

COMPARTILHE